Crítica: Perdido em Londres (2017): a sublime inovação

O filme Perdido em Londres (2017) foi uma inovação para o cinema, e agora, ele finalmente estreará no digital no Brasil, e todos os detalhes...

Crítica: Gran Turismo é um filme dedicado aos fãs

A Sony foi uma das empresas pioneiras a revolucionar os consoles caseiros com o lançamento do seu jogo Gran Turismo para o Playstation 1....

Crítica – Avatar: O Caminho da Água (2022): técnica acima de...

O filme Avatar 2: O Caminho da Água (2022) chegou para inovar e ser o novo divisor de águas no cinema, e na nossa...

007 – Sem Tempo para Morrer | O lado humano de...

Desde criança achava empolgante, filmes com temática de espionagem e, 007 — quando apresentado pelo meu pai, quis conhecer mais sobre o universo do...

Crítica: Amor à Primeira Vista (2023) – O destino nunca falha

"Amor à Primeira Vista", a última comédia romântica lançada na Netflix, e apresenta uma mistura de clichês e romantismo shakespeariano, liderado pela química entre...

Crítica: Dupla Jornada da Netflix alegra com simplicidade

Chegou nessa sexta-feira (12), na Netflix, o filme Dupla Jornada, com alegria e bons momentos, e a crítica completa você acompanha mais abaixo. No filme,...

Matrix 4: Resurrections – Crítica Sem Spoilers

1999 foi um ano glorioso para o cinema… Beleza Americana, A Espera de um Milagre,   A Bruxa de Blair, Clube da Luta, O Sexto Sentido… e Matrix. ...

Crítica Creed III – encontrando o seu próprio legado!

Esqueça Rocky Balboa. Aqui ele sequer é citado. Vemos o passado do Creed, mas um passado desconhecido, sem envolvimento com o personagem que criou...

Crítica: Shazam! Fúria dos Deuses traz nova intensidade para DC

Shazam! Fúria dos Deuses é a sequência do filme de 2019, que trouxe uma nova abordagem para os filmes de super-heróis, com uma trama...

Crítica: “Fazendo Meu Filme” (2024): uma sutil adaptação

“Fazendo Meu Filme”, dirigido por Pedro Antonio e com roteiro assinado por Pedro Antonio e Paula Pimenta, oferece uma adaptação segura da história do...