Red Dead Redemption 2 – Primeiras Impressões do melhor jogo do Velho Oeste

Red Dead Redemption 2 – Primeiras Impressões do melhor jogo do Velho Oeste
 

Gamernéfilos, 2018 foi um ano repleto de grandes games como God of War, Spiderman, Forza Horizon 4 e Far Cry 5, mas sem sombras de dúvidas o Red Dead Redemption 2 da Rockstar Games era o mais aguardado, sendo um game esperado há anos.

 

Não é apenas um jogo de Faroeste

Mas o jogo atendeu às expectativas? Não só atendeu como superou. Falar que ele é o Jogo do Século não seria um exagero, ele é um dos games mais complexos e bem feitos que eu já joguei, e olha que eu joguei muita coisa. Desde a uma cena de tiroteio no maior estilo filmes de Clint Eastwood até uma briga de bar. O game é extremamente detalhista, com uma história muito envolvente, personagens extremamente bem feitos, o jogo possui um esquema de caráter parecido com “Infamous”, onde cada escolha que você faz durante o jogo interfere na índole do personagem, sem contar as expressões faciais fantásticas. Além dos personagens a ambientação do game é fantástica, deixando qualquer gamer babando pelo cenário (principalmente se jogado em 4K).

 

A maioria dos games mesmo tendo muitas qualidades sempre têm alguns defeitos; — Mas este não é o caso de Red Dead Redemption 2, eu joguei ele por volta de 8 horas da história e até agora só estou cada vez mais impressionado, com tamanha qualidade, e a cada missão nova o jogo me apresenta algo novo, seja algo da gameplay ou algo do cenário ou história que deixa o jogo cada vez mais emocionante e aumenta cada vez mais a expectativa para o desenrolar.

 

 

Trilha nos moldes de hollywood

Outro ponto extremamente importante é a trilha sonora. Uma das melhores dos games. Parece até uma trilha sonora composta por Ennio Marricone para um filme de Quentin Tarantino. RDR 2 é impressionante chegando a perfeição, sendo que nem joguei o modo online dele ainda, que se trouxer um conteúdo enorme e bem produzido como do GTA V Online com certeza vai garantir vida ao game por uma década ou mais. Este jogo com certeza vai ficar na história por muitos fatores, sendo eles marcando essa geração como o game mais completo, revolucionou em questão de gameplay (assim como o primeiro Red Dead para a época), e com certeza por suas vendas, assim como todo game da Rockstar Games. Vale lembrar também que quem é fã do primeiro Red Dead Redemption vai sentir uma extrema nostalgia com esse game, e se emocionar em algumas partes. É isso, eu recomendo fortemente que vocês joguem esse game.

 

E os quesitos técnicos?

Expressões faciais muito realistas, vindas do L.A. Noire e acompanhadas dos movimentos labiais com perfeita sincronização durante as falas. Os controles e flexibilidade de resposta são excelente para quem prioriza jogos com “física”, exigindo um pouco de prática com a movimentação da mira, do personagem e do cavalo, para melhor proveito de todo o ambiente/espaço do jogo. Mira automática padrão nos moldes dos demais jogos da empresa. Falando da “física”, é observado que quando se movimenta o personagem para os lados, para frente e para trás, todos os membros do corpo respondem de forma realística. Os Gráficos são superiores que GTA V, a Rockstar sempre surpreende com cada jogo lançado.

Textura incrível com nível de detalhes de alto padrão, sombras e bordas surpreenderam, da mesma forma que o nível de cores dentro do jogo também surpreendeu.

 

Criando um acampamento para finalizar o jogo

Outro ponto positivo são as horas que o jogador vai gastar para finalizar o jogo, é um mundo aberto muito amplo e completo, com muitas interações, típicas de games da Rockstar, onde você as vezes acaba gastando a maior parte do tempo explorando o mapa e as possibilidades ao invés de fazer as missões principais. Com uma vasta quantidade de biomas e espécies de animais, a interação com a natureza que é fantástica. Os produtores pensaram em cada detalhe como calor e frio, forçando o player a usar a roupa adequada, até como crescer a barba com o passar do tempo, havendo a possibilidade de fazê-la. Outro ponto positivo é a interação com os NPCs, que são extremamente vivos e complementam muito bem o cenário, e principalmente a sua gangue que interage muito bem com o personagem e ajuda muito na hora das missões. Em ambientes com neve seu personagem pode afundar, causando ainda mais dinamismo.

A interação com os NPCs, que são extremamente vivos e complementam muito bem o cenário.

Será o jogo do ano?

Red Dead Redemptiom 2 é digno de um Game Of The Year, entre outras categorias que com certeza receberá inúmeras indicações. Após 7 anos de produção/testes valeu muito a pena esperar/aguardar por essa obra-prima.

Review em parceria com Vinicius Bertolli o “MrVini007“.

O jogo já está disponível para PlayStation®4 e Xbox One, quem sabe um futuro lançamento para PC Windows.


Star Wars: 4 De maio amazon

Crítica Red Dead Redemption 2: Com trilha sonora que parece que foi feita por Ennio Marricone para um filme de Quentin Tarantino, e no melhor estilo de filmes de faroeste protagonizada por Clint Eastwood, RDR 2 é sem dúvida um dos melhores jogos já lançados até hoje.JonasTheGoDBarreiro
10
out of 10.
2018-10-26T23:34:09-0300

Acompanhe o MeuGamer no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Twitch e Pinterest.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.