Crítica Carter netflix filme
Carter (Divulgação / Netflix)

O mais novo filme da Netflix, Carter, não conseguiu entregar o básico, literalmente viajando, e a crítica completa você lê abaixo.

Sinopse: Um homem acorda sem memória. Orientado por uma voz misteriosa vinda de um dispositivo em seu ouvido, ele parte em uma perigosa missão de resgate.

Crítica – Carter (Netflix, 2022)

O que é viajar na maionese? Expressão popular na linguá portuguesa, ela significa não entender algo, ou falar e/ou fazer algo absurdo. Essa frase resume bem o filme.

Desde os primeiros minutos, todos que assistirem o filme devem ligar o modo suspensão de descrença. E não é pouco.

A trama que segue uma pessoa sem memória, chamada de Carter, tenta imitar alguns jogos famosos, como God of War, se perdendo completamente na coerência das cenas.

Se você é uma daquelas pessoas que se atenta aos detalhes, perceberá, logo de cara, muitos erros de continuação. Isso até pode passar despercebido às vezes, mas quando a mesma é usada com zoons e aproximações, com ângulos diferentes de câmera, não podemos simplesmente aceitar.

O personagem principal do filme, interpretado por Joo Won, me lembra Uma Thurman em Kill Bill, porém, de uma forma muito ruim. Quando o mesmo enfrenta um trilhão de personagens.

E o principal problema disso é, como o personagem possa ter saído bem dessa, sem memória, e com um foco questionável.

Outro problema, é o “Porque sim”. É, temos muito disso. A personagem do telefone, que mais para frente descobrimos ser a mulher de Carter, é simplesmente um gênio, porque sim. Em todos os diálogos com ele, ela justifica todas as perguntas com respostas rasas, e difíceis de comprar.

E tem mais, tudo isso para impedir que um vírus mortal engula o mundo, e transformar todos em zumbis em carecas (curioso) e muito agitados.

A missão de resgate, em partes, após uma dúzia de reviravoltas, dá certo. Entretanto, a ponta final, com o trem prestes a cair numa ponte, que acabará de ser explodida, dá ponta para um novo filme.

Talvez, o destaque positivo do filme, e um dos únicos, seja a entrega física de Carter, que não para em nenhum momento para descansar.

Para o personagem, as leis da física não existem. Caso você não ligue muito para isso, existe alguma possibilidade de gostar do filme.

Para Carter, fecho com a nota 3/10.

Por fim, o filme Carter está disponível agora, na Netflix.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.