Crítica – Vice

Crítica Vice - Filme 2019
 


Vice traz a história de Dick Cheney interpretado por Christian Bale, vindo da sarjeta até o posto de vice-presidente dos Estados Unidos, e o filme nos apresenta bastidores da casa branca que eram desconhecidos pelo público e nos mostra como Chaney agia por debaixo dos panos durante o governo Bush. O longa que é dirigido por Adam McKay, e cabe lembrar, que não é o primeiro filme que o diretor trabalha com os atores Christian Bale e Steve Carell, – Em “A Grande Aposta” de 2015, longa que explora a bolha do mercado imobiliário americano, o diretor parece gostar de temas que podem arruinar a economia e política americana.

O Vice pode ser categorizado como uma comédia dramática e vem chamando atenção da mídia por ter diversas indicações ao Oscar e ter um elenco repleto de atores talentosos. Primeiramente para você ir ver este filme tenha em mente que você tem de ser uma pessoa que goste de política e que se você não conhece muito da política / história dos EUA provavelmente você fique um pouco perdido, mas isso não quer dizer que o filme é ruim, muito pelo contrário, o filme cumpre muito bem o que ele propõe, e muito provavelmente vai levar algumas estatuetas do Oscar, sim.

O longa conta de uma forma extremamente divertida a vida pessoal de Dick e de uma forma muito impactante a forma como ele atuava na política. Com um ótimo tom de sátira e sarcasmo, contando com atuações de Amy Adams como Lynne Cheney esposa de Cheney, Adams não está na melhor das suas performance, mas da conta do recado, já, o sempre brilhante Steve Carell (Donald Rumsfeld) surpreende, sem mencionar uma das melhores atuações do Sam Rockwell no papel de George W. Bush. Vale também pontuar o papel de Jesse Plemons, que tem o trabalho de nos passar a visão dele da história de um ponto de vista chocante, porém irônico.

 Bale é um caso à parte, assim como Gary Oldman encarnou com perfeição Winston Churchill no filme “O Destino de Uma Nação”, Christian fez o mesmo com uma atuação impecável, que lhe rendeu uma indicação de melhor ator ao Oscar 2019. A trilha sonora é bem condizente com o filme, talvez o único defeito seja em alguns momentos ele parecer arrastado e entediante, mas isso não tira a experiência que desenvolvemos com o filme. E o tom de sarcasmo que o filme possui quebra o que o público poderia considerar chato, já que o filme trata de assuntos políticos e complexos.

Vice é um filme que fará você observar os bastidores da política de uma forma diferente e joga o podre da política na nossa cara de uma maneira sátira.

Nota do crítico

Crítica – Vice

4.5

Excelente

por Jonas Barreiro

Star Wars: 4 De maio amazon



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.