Está chegando a hora! Na próxima quinta-feira, 18 de março, chega a tão esperada versão de Zack Snyder sobre a Liga da Justiça. E antecipadamente, críticos tiveram acesso ao filme para dar suas devidas críticas sobre a versão de Zack Snyder.

Continua após a publicidade.

Você pode conferir o trailer final clicando aqui.

Confira a seguir as principais críticas, com pontos específicos que cada crítico resolveu falar num primeiro momento:

O arco do Ciborgue, segundo Joshua Rivera, do Polygon, diz que o personagem é o que tem mais investimento emocional no longa, e “às vezes, ele até parece o protagonista”. Em suma, o crítico falou que o mesmo não é coerente, mas que mesmo assim mostra os heróis como deuses, e que este “deve ser o único filme honesto de super-heróis nos cinemas, um filme que realmente entende estas figuras como ferramentas de dominação”.

Tom Jorgensen, do IGN, afirmou que os personagens são melhor explorados, e até mesmo o vilão Lobo da Estepe ganha um propósito, ainda que seja meio superficial. O mesmo, completou que “ainda que nem todas as adições sejam totalmente necessárias e que alguns novos efeitos visuais se destacam por sua falta de polimento, é difícil exagerar no quanto esta versão de Liga da Justiça é mais agradável”.

O crítico Darren Franlch, da Entertainment Weekly, revelou que a quantidade de repetições, seja em pontos da trama como dois acidentes de carro cruciais, ou até mesmo repetições de cenas como o Superman indo para o espaço e repetindo a cena de Homem de Aço. “No fim das contas, os espectadores ficam com a promessa de que as coisas mais legais acontecerão da próxima vez”, e que “esta versão não é pior do que a anterior, mas certamente é mais longa”.

Richard Lawson, da Vanity Fair, afirma ser impossível avaliar o filme sem considerar todo o histórico anterior da produção: “tudo ao redor do filme não pode ser separado dele, tanto a história pessoal de Zack Snyder quanto a mitologia que envelopou seu projeto no passado.”

Lawson afirma que os fãs devem ficar satisfeitos com o desfecho providenciado pelo longa, chamando-o de “um artefato despedaçado vindo do passado, como se o Flash tivesse corrido para trás para salvá-lo”.

O corte de Zack Snyder em Liga da Justiça chega assim no dia 18 de março de 2021, no HBO Max.

Entretanto, no Brasil, Liga da Justiça ficará acessível via aluguel digital até o dia 7 de abril. A partir de junho, ele estará disponível exclusivamente para o streaming na HBO Max, após o lançamento da plataforma no país.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.