Mestres do Universo ou como ficou imortalizado apenas He-Man inundou as manhãs da minha infância ao assistir a vesão clássica do desenho animado de 1983. A Netflix resolveu apostar na franquia e anunciou que uma nova adaptação estaria em produção pelo mesmo estúdio de Castlevania. Na penúltima sexta-feira, de julho, Mestres do Universo: Salvando Etérnia foi disponibilizado a primeira parte da série contendo cinco episódios.

Esta deveria ser uma verdadeira animação para aqueles que sonhavam em reviver a nostalgia de ouvir Adam dizendo “Pelos poderes de Grayskull! Eu tenho a força!“, ao se transformar em He-Man. Ainda mais, quando você tinha acesso aos brinquedos como espada e peitoral do herói, ficava mais nostálgico.

Mas será que a série lançada pela Netflix é boa?

A série começa recapitulando em uma time-lapse sobre os acontecimentos em Etérnia com a voz inconfundível do mítico dublador José Santana. No quesito de abertura de “boas-vindas”, é uma das melhores aberturas que já presenciei, infelizmente não passou disso.

A série ainda é para crianças?

Segundo os próprios envolvidos na nova adaptação da SAGA de Mestres do Universo, o mundo mudou e o pensamento de desenhos voltados apenas para “crianças” ficou no passado. Afinal, o que tornaria esta nova versão adulta, uma protagonista “Mulher”? Evidentemente, que não é isso! Contudo, toda via, a distorção em querer deixar He-man, Mentor, Esqueleto, Gorpo e até o gato guerreiro de lado, está claro em uma mudança de comportamento. Quem conhece a linha da franquia, não assiste à animação, joga algum título, ou compra seus brinquedos devido aos personagens secundários. He-Man sempre é o centro de tudo e estímulo para seguir, inspirando cada fã.

Nova heroína para trazer o equilíbrio de Etérnia

Teela sempre foi uma das favoritas dos fãs no desenho original, sempre achei o quão fantástico era uma jovem sem utilizar poderes ajudando o destemido Adam em suas aventuras. Mesmo sem ter noção que o seu melhor amigo era, na verdade, o He-Man. A personagem realmente necessitava de uma mudança brusca e ainda se revoltar com segredos? Negativo! No primeiro episódio de Salvando Etérnia, nossa guerreira já era imponente comandando uma tropa com centenas de soldados sob seu comando. Partindo deste ponto, não haveria nenhuma relação, para a frustração e ódio que o roteiro colocou na frente para justificar a deserção de Teela. Principalmente, logo pelo ocorrido ao decorrer dos acontecimentos que levaram a esta decisão.

Em qual momento surge as críticas na série

Retornando com o primeiro episódio, os personagens tinham seus traços bem trabalhados e sem muitos aspectos para melhorar. Porém, o salto no tempo sem mencionar quanto tempo ocorreram as mudanças, nos apresentam personagens como se fossem desenvolvidos por uma nova equipe de ilustradores. Afirmo, não ser exagero o que citei. As mudanças são nas características de cada personagem, após primeiro episódio o que faz muito sentido para os fãs mais antigos da série.

He-Man, Esqueleto e a ressurreição

Os dois francos personagens que aguardamos para aqueles embates épicos passam longe de algo perpétuo. Se nossa nostalgia vem através de flashbacks, que não agregam em nada na minha visão, comina apenas em decepção. De fato, é a primeira parte da animação, o suficiente para criar uma crise entre os simpatizantes da saga Mestres do Universo.

Esperando acontecer e…?

Aguardando a jornada do herói, fiquei esperando algo acontecer na história contada, esperei até o último episódio e…; nada. Além disso, acreditei em um plot twist surpreende, mas ficou em clichês

Para as pessoas com noção da franquia de Mestres do Universo o caminho seguido por Kevin Smith ao traçar o roteiro, pode não ter sido o mais sábio. Embora, para nova geração de telespectadores a animação segue a nova revolução do mundo e algumas causas devem se sentir abraças nessa releitura. Espero que o desfecho seja triunfal e os caminhos que imortalizaram a saga retome aos seus devidos lugares.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.