Tony Stark poderia realmente ser um verdadeiro mentor para o jovem aracnídeo

Gamernéfilos, são inegáveis as buscas por informações como o mundo ficou, logo após a morte de Tony Stark são evidentes.

[O texto abaixo não contém spoiler].

Já que Homem-Aranha: Longe de Casa é o primeiro filme do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) após Vingadores: Ultimato. Entretanto, como viver em um mundo completamento novo com a população, ainda está tentando superar seus traumas causados pelo “BLIP”.

Será que os Vingadores remanescente são capazes de substituir a liderança de Tony Stark e todo o seu legado como Homem de Ferro? É pouco provável que os atuais vingadores consigam exercer tamanha responsabilidade. Mas um jovem que está deixando sua adolescência como Peter Parker, estaria a altura do desafio. Como sabemos Stark tinha um carinho imenso pelo ingenuo Parker, em quem mais poderia, confiar todo seu legado.

Qual a importância de ser um herói

As dúvidas de Peter e ausência do seu mentor, junto com seu medo de não poder conseguir, trouxeram à tona os fantasmas de Stark. Mesmo com grande lamentações do (cabeça) de teia, engenhosamente ele consegue parecer bastante com Tony. Todas as suas angustias deixam o (aranha) sem rumo, e da importância de ser um herói e quais suas prioridades.

Uma possível aparição do Tony Stark é relevante?

Com referências bem sutis do homem de ferro, o jovem passa a entender que não basta ser apenas um amigão da vizinhança, mas que o mundo precisa de um verdadeiro herói. Tony Stark é de tamanha importância para o garoto mesmo não estando entre eles, foi um grande elo de superação para que ele entendesse que as pessoas devem ser protegidas custe o que custar.

Homem-Aranha: Longe de Casa chega aos cinemas brasileiros em 4 de julho de 2019.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.