Vingadores Ultimato: Nos mostra sobre a importância da vida

Vingadores Ultimato: Nos mostra sobre a importância da vida

Vingadores Ultimato: até onde você está disposto a ir para proteger o que você ama, quem você ama; ou mesmo proteger quem você desconhece, agindo em nome de um bem maior?

Não se trata de uma pergunta qualquer, mas sim do núcleo central do tema do filme Vingadores Ultimato. Um desfecho grandioso para o Universo Cinematográfico da Marvel.


Se você não viu o filme ainda, para de ler por aqui e retorne após ver o filme. Pois nossa análise contém spoilers.

Se você já viu o filme, prossiga em nossa reflexão de Vingadores Ultimato.

Vingadores Ultimato / Foto divulgação Marvel Studios


Todos os vingadores tinham a noção de que enfrentar Thanos era algo difícil, senão impossível.
As consequências de guerra infinita chocam logo nas primeiras cenas de Ultimato. Tomamos conhecimento do sofrimento dos vingadores em razão da batalha travada e perdida contra Thanos.
Diversos heróis e pessoas comuns desaparecem com o estalar de dedos de Thanos ao utilizar a manopla do infinito com as joias do infinito.


Percebemos não apenas o sofrimento das pessoas, mas também o sentimento de perda de si mesmos, de parte de suas almas.

Motivos para voltar no tempo?

 


Após o aparecimento de Homem-Formiga, que não foi afetado pelo ato de Thanos, porque estava miniaturizado no campo quântico, os Vingadores elaboram um plano ousado: fazer uso das Partículas Pym para voltar no tempo e tomar posse das joias do infinito antes de Thanos.


Os Vingadores envolvidos, Homem de Ferro, Rhodes (Máquina de Combate), Capitão América, Thor, Hulk, Gavião Arqueiro, Viúva Negra, e integrantes dos Guardiões da Galáxia como Rocket e Nebula, e Homem-Formiga, para destacar os principais, dividem-se em grupos para capturar as jóias do infinito em diferentes épocas no espaço tempo.


Cada viagem ao passado revela mais da personalidade e sentimentos dos Vingadores, seus anseios, suas perdas, acontecimentos que vimos nos filmes anteriores de Homem de Ferro, Thor, Capitão América principalmente.

Para recuperar o éter, Thor acaba revendo sua mãe que havia sido assassinada pelos elfos em Thor 2. Tentando avisá-la do seu futuro, é por sua mãe interrompido, demonstrando ela que era desnecessário saber, pois para ela importava o bem de seu filho.

Destaque Vingadores: Ultimato

Vingadores Ultimato / Foto divulgação Marvel Studios

Capitão América e Homem de Ferro visitam o nascedouro da SHIELD após Stark ter fracassado em pegar uma das joias. Enquanto que Stark acaba interagindo com seu pai, Steve Rogers vê o amor de sua vida através de vidraça, contemplando ela e pensando em como poderia ter sido o seu passado se não tivesse sido congelado. Novamente, Rogers abdica de ter o seu final feliz para cumprir a missão. Stark se sensibiliza pelo contato que teve com seu pai. E ambos voltam para o presente.

Sacrifício necessário pelo “bem” do universo


De todos os resgates das joias, o mais impactante é o resgate da joia da alma envolvendo Viúva Negra e Gavião Arqueiro. Após obterem informações de uma figura misteriosa eles se dão conta que para obter a joia um deles deve morrer. É preciso haver uma troca: uma alma por outra alma. Em seguida começa uma luta entre os dois, em que a vitória, por assim dizer implica a morte do vencedor. Tanto Gavião como Viúva querem se sacrificar e impedir que o outro morra. A luta é triste, pois o desfecho envolve a morte de um ente querido. Sem volta. E numa jogada inteligente, Viúva consegue vencer e se sacrifica para que um dia Gavião possa ter sua família de volta, pois todos haviam morrido com o ato de Thanos.


Nebula, ao voltar para o passado, acaba compartilhando a mesma rede da Nebula do passado e, com isso, Thanos descobre que venceu e passa a elaborar um plano de contingência.
Cada grupo, com a exceção de Nebula, retorna com uma das joias do infinito. Stark havia criado uma manopla para manipular as joias. Hulk é o escolhido a empunhar a manopla. O acordo: o retorno de todos que morreram há cinco anos trás, mas sem mudar o presente. Stark estava casado com Pepper e tinha uma filha, e não queria perde-las.
Com o sacrifício do braço direito de Hulk, todos retornam e o presente é mantido. Em seguida, porém, Thanos invade o presente com salto temporal através da máquina criada por Stark. Isso foi possível porque a Nebula do passado foi para o presente no lugar da atual e modifica a máquina de Stark. E a nave de Thanos destrói o complexo dos Vingadores.


O último confronto dos Vingadores com Thanos.


Vemos Homem de Ferro, Thor e Capitão America, que sobreviveram às explosões. Eles vislumbram Thanos que está parado apenas esperando pela Manopla do infinito.
Um corrida se sucede, Gavião encontra a manopla nos escombros e corre para protege-la, para evitar que os lacaios de Thanos levem a manopla até o seu mestre. Enquanto isso, Stark, Thor e Capitão decidem enfrentar Thanos para que a Manopla nunca chegue até ele, e vemos Thor empunhando duas armas, seu atual machado e seu martelo, Mjölnir, que trouxe do passado.


Uma batalha extraordinária se inicia com ataques dos três Vingadores, e Thanos consegue se defender. Tony é o primeiro a cair. Em seguida, Capitão. Thor faz frente à Thanos, e, para nossa surpresa, quando Thor clama por seu Machado, Thanos consegue empunha-lo contra Thor, para sermos surpreendidos novamente com Thanos sendo alvejado por Mjölnir arremessado por Capitão America.


Vingadores Ultimato / Foto divulgação Marvel Studios


Capitão realiza uma sequencia espetacular de ataques utilizando uma combinação de seu escudo e Mjölnir. Mas torna a cair. Thanos então decide que não bastaria apenas ceifar metade da vida existente do universo, mas, também, aniquilar o planeta Terra. Thanos chama seu exército e, espetacularmente, os heróis que haviam sido atingidos pelo ato de Thanos, como Homem-Aranha, Doutor Estranho, os Guardiões da Galáxia, Pantera Negra, ressurgem formando um grande exército frente ao de Thanos. Forma-se de um lado um exercito dos Vingadores, unidos por um bem comum: proteger a vida de todos, não só do planeta Terra, mas do universo; e de outro, o de Thanos com o único objetivo de realizar o deseje de seu mestre Titã; iniciando não uma batalha, mas a guerra final.


Mesmo com os Vingadores procurando afastar a manopla de Thanos e devolver as jóias para o seu lugar de origem, o resultado é inevitável: Thanos empunha novamente uma Manopla do Infinito. O desfecho parece inevitável. Até que Iron Man, vislumbrando o sinal de “Dr. Estranho”, de que essa é a única chance de vitória contra Thanos, agarra a Manopla nas mãos de Thanos sendo golpeado para longe.


Vingadores Ultimato / Foto divulgação Marvel Studios


Thanos, novamente, estala os dedos. Mas nada acontece. Stark, num ato sobre-humano, havia capturado as joias do infinito para a sua armadura, no seu braço direito, criando uma Manopla do Infinito e, num estalar de dedos, derrota Thanos e seu exército.
Impensável para um simples ser humano sobreviver ao manipular as joias. Impensável para um simples ser humano derrotar um Titã como Thanos. As consequências disso? Desvastadoras. O corpo de Stark se mostra praticamente destruído. Mas seu ato virtuoso preserva a todos, a vida na Terra, seus companheiros de equipe, a sua família. Por causa de Stark, todos puderam sobreviver a este último confronto com Thanos, sem baixas. Devido ao sacrifício de Stark por um bem maior é possível celebrar a vida, mas a tristeza por perder um amigo, um marido, um pai, um herói, um Vingador, é forte.

Nada está perdido


Uma missão final: devolver as joias do infinito ao lugar que pertencem; caso contrário, realidades alternativas poderiam ser geradas. Capitão America fica responsável por esta última missão, tendo de, novamente, retornar ao passado. Interessantemente, ao invés de voltar da missão, vemos um senhor de idade sentado em um banco, mas satisfeito. Steve Rogers, após concluir sua missão escolheu por viver a vida que nunca teve, viver o seu grande amor com Peggy Carter. E, não podendo mais ser o Capitão América, passa o seu escudo, que trouxe do passado, para Sam Wilson, Falcão.


Vingadores Ultimato / Foto divulgação Marvel Studios


O que percebemos é a continuidade da vida. Vida essa que só foi possível ser vivida devido ao ato de Stark de sacrificar a si mesmo, não por algum motivo egoísta, fútil; mas para preservar as pessoas que amava, para preservar o mundo pelo qual lutava, pelos inocentes que queria tão fervorosamente proteger. Com este gesto de Stark podemos aprender que somos capazes de ser mais do que somos, fazer mais do que acreditamos quando agimos em nome de um bem maior, procurando fazer o nosso melhor, fazer bem ao próximo mesmo que seja um desconhecido, propagando luz, vida, felicidade àqueles que nos rodeiam.

Reflexão final de Vingadores Ultimato


Vingadores Ultimato é mais do que um simples filme com efeitos especiais. É uma história que nos faz recordar os primórdios das histórias em quadrinhos, em que heróis eram assim chamados por serem virtuosos, por procurarem fazer o certo, não para si mesmos, mas para todos. Mas também é mais do que uma história. É uma lição de que todo ser humano é capaz de impactar a vida de tantas outras pessoas de forma construtiva ao fazer algo grandioso ao usar toda sua vontade, perseverança e energia.

A Marvel conseguiu finalizar com maestria seu primeiro legado dos Vingadores no cinema, os irmãos Russo vão ficar para sempre na memória dos fãs do MCU.

Vingadores: Ultimato conseguiu chegar no topo, como a maior bilheteria de todos os tempos da era moderna do cinema. Será que consegue ultrapassar o clássico e “…E o Vento Levou” de 1939, arrecadados até os dias de hoje US $3.440.000.000; isso somente o tempo irá dizer.

“Vingadores: Ultimato” estreou em 25 de abril nos cinemas do Brasil, com a pré-venda esgotadas em tempo recorde.

Star Wars: 4 De maio amazon



One thought on “Vingadores Ultimato: Nos mostra sobre a importância da vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.