Devolver Digital lançará jogo que satiriza a indústria de games

O jogo será lançado apenas para o Super Nintendo e lucros irão para a caridade

A Devolver Digital deu um passo importante no mundo dos games. A distribuidora criou um jogo que irá não só ensinar aos jogadores como as coisas funcionam dentro da empresa, mas também expor os problemas e criticá-los através de sátiras.

Desenvolvido pela Mega Cat Studios, o jogo Fork Parker’s Crunch Out permite que o jogador tenha uma experiência que ele provavelmente nunca teve antes: a de participar da criação de videogames. Se esse trabalho já parece algo difícil, imagine trabalhar sob a ameaça de uma nova empresa no mercado. É isso que o jogo proporciona ao jogador: a luta, muitas vezes desumana, de uma empresa de games independente para que cresça o número de vendas.

Em Fork Parker’s Crunch Out o jogador assume o papel do diretor executivo de uma indústria de games e ele terá que tomar decisões difíceis em nome das vendas. Essas decisões incluem, por exemplo, acabar com a liberdade criativa dos trabalhadores, acabar também com a jogabilidade atraente em nome da eficiência, tratar os funcionários por meio de terapia de choque e contratar estagiários não-remunerados para aumentar a produtividade.

Segundo a descrição do jogo, “O CFO da Devolver Digital, Fork Parker, gozava de uma vida de luxo e passava os dias vendo o dinheiro rolar de sua empresa de games independentes. Porém, uma nova publisher ameaça tomar sua amada ‘market share’, forçando o belo executivo a resolver o assunto com suas próprias mãos e começar a motivar seus desenvolvedores de games de qualquer maneira possível” E tem mais: “Elementos inúteis como ‘integridade artística’ e ‘jogabilidade engajante’ são ignorados agora que eficiência e prazos ditam cada decisão do estúdio – bem vindo ao ‘crunch time’”.

A genialidade de Fork Parker’s Crunch Out é de satirizar situações que são extremamente reais e corriqueiras em qualquer empresa que tenha que trabalhar com vendas e prazos. O jogo nos coloca a par do “crunch time”, que nada mais é do que a prática de fazer com que os funcionários trabalhem de modo desumano para que o trabalho seja entregue a tempo. Essa prática implica, por exemplo, na falta de segurança trabalhista e até mesmo na saúde mental dos trabalhadores.

Como se já não bastasse o jogo com alta crítica social, todo o lucro de Fork Parker’s Crunch Out será doado para a Take This, organização com o propósito de educar as pessoas sobre os transtornos mentais e quebrar o estigma por trás desse assunto.

O jogo estará disponível apenas para o Super Nintendo e ainda não tem data de lançamento, mas já está em pré-venda na loja do Mega Cat Studios.


Star Wars: 4 De maio amazon



Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of