A Nintendo começou a remover todos uploads de músicas não autorizadas utilizadas em vídeos no YouTube. 

Continua após a publicidade.

O YouTuber GilvaSunner, cujo canal apresenta músicas de uma ampla gama de videogames e acumula 300.000 assinantes, compartilhou capturas de tela de sua caixa de entrada via Twitter, exibindo uma série de avisos de reivindicação de direitos autorais contra seus vídeos. 

Todos os vídeos, continham músicas de jogos da Nintendo, e segundo o Youtuber, a Nintendo iniciou a busca pelo conteúdo mais visto do canal e passou para todas as listas de reprodução que possui, atribuindo que a analise de conteúdo possa estar vindo diretamente do QG da Nintendo do Japão. 

Kotaku alega que foi atingido pela mesma reivindicação no início deste ano. 

A Nintendo tem sido particularmente ativa em reprimir violações de seus direitos autorais pelo YouTube, ao ponto de criar o Programa de Criadores de Conteúdo da Nintendo – uma iniciativa que garantiu que todos os vídeos com jogos da Nintendo fossem aprovados (parcialmente monetizados) pela Nintendo

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.