Review: Infinite – Beyond The Mind para Nintendo Switch
Review: Infinite – Beyond The Mind — Foto: Divulgação / Emilie COYO

Para quem assim como eu gosta de jogos no estilo Contra e Metal Slug, e ama sentir nostalgia ao jogar, Infinite – Beyond The Mind, chega como um incrível jogo de Plataforma 2D e carinhosamente traduzido para o português pela desenvolvedora indie Emilie COYO. Nosso review será no console do Nintendo Switch. Assista nossa gameplay abaixo.


Não pense que o jogo só segue no mesmo estilo de Plataforma 2D, o estilo de jogo se alterna em algumas estágios ao usar o estilo shoot ’em up, para dar mais emoção e não cair na repetição de saltar, atirar e avançar e garantindo assim altas jogatinas.

Enredo do jogo

A história se passa no ano de 20xx onde duas irmãs com poderes especiais, Olga e Tanya. A medida que cresciam e se fortaleciam acabaram chamando a atenção da Rainha Evangelyn Bramann — uma espécie de “Rainha má”, e, assim se tornaram uma ameaça para seu governo e seu exército. Para neutralizar a ameaça ao seu reino a Rainha manda sequestrar uma das irmãs, no caso a história é igual para as duas irmãs, ao escolher a Olga, sua irmã mais velha Tanya é sequestrada, já caso escolha começar com a Tanya, sua irmã mais nova Olga vai ser a irmã sequestrada.


Jogabilidade

Os controles são bem simples e você se adapta logo nos primeiros passos ou tiros ( he he he ).

Mas agora vamos falar de ação ! O jogo possui três níveis de dificuldade para atender todos os públicos, desde os casuais até os velhos de guerra fãs de Contra. Asa fases são repletas de ação e inimigos seguindo em progressão lateral, contamos com uma arma principal que é uma espada e outros artifícios que encontramos pelo caminho como torretas, tanques de guerra, entre outros. Abuse do dash para ter vantagem sobre os inimigos.

Diversão

Nossa barra de vida não é infinita e temos que resguardar a barra de vigor para solicitar apoios que podem para varrer hordas de inimigos na tela tudo isso correndo contra o tempo. No canto superior direito tempos um relógio que contabiliza quanto tempo temos para passar de fase. Ao longo do jogo, nossa heroína ganha novos poderes para ajudar nessa aventura, como um salto duplo, que além de alcançar lugares mais altos desfere um poderoso ataque.

Trilha Sonora

A trilha sonora é um mainstream nostálgico dos jogos clássicos, — já referenciado acima — acompanhando muito bem a ação das fases. Pois, o jogo, flui muito rápido e nossos passos devem ser friamente calculados no meio de intensos tiroteios e explosões. Embora, seja possível sentir uma ligeira repetição, nada que vá atrapalhar sua imersão.

Veredito


Não sou de passar spoilers mas o jogo conta com três finais diferentes que garantem que você jogue novamente sem dúvida. Para os amantes de um bom jogo repleto de nostalgia Infinite – Beyond The Mind cumpre aquilo que promete e garante uma boa jogatina, além de oferecer gráficos no estilo chibi (manga infantil) são bonitos e cenários bem trabalhados. Prepare seus reflexos para esta aventura ou chame seu amigo para se divertir ainda mais com o Modo Cooperativo!

Talvez, um loot maior de equipamentos e habilidades deixariam o jogo perfeito. Quem sabe em futuras atualizações isso ocorra, só nos resta aguardar.

  • Console: Nintendo Switch
  • Data de lançamento 07/05/2020
Infinite – Beyond The Mind: Infinite – Beyond The Mind cumpre aquilo que promete e garante uma boa jogatina, além de oferecer gráficos bonitos e cenários bem trabalhados.chubbs
8
out of 10.
2020-05-07T16:31:52-0300

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.