Anéis de Poder episódio 5 Final Explicado os detalhes
Anéis de Poder (Divulgação / Amazon Studios)

Chegou hoje (23), e já está disponível no streaming do Prime Video, o episódio 5 da série O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder (The Rings of Power), e por essa razão, explicaremos no final explicado todos detalhes.

Nele, tivemos diversas linhas narrativas, com todos os arcos já citados com seu tempo de tela. E é exatamente por isso que o episódio é o mais longo até aqui, e conta com muitos detalhes, infelizmente de forma muito cansativa.

Final Explicado – Episódio 5 de O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder

O episódio 5 finalmente mostra Galadriel (Morfydd Clark) liderando os Númenoreans – incluindo Halbrand (Charlie Vickers) – para a Terra-Média, logo no final.

Você viu aquelas senhoras estranhas com o cabelo loiro alvejante rastreando O Estranho (Daniel Weyman)? Elas adoram Sauron? O Estranho é oficialmente Sauron? Ou este é um culto de Morgoth procurando um sinal de um Maiar na Terra-Média?

Além do culto assustador e malvado que persegue O Estranho, a série também adicionou uma ruga à história épica de Tolkien. Enquanto Tolkien nunca forneceu uma história de fundo para o mithril — que conhecemos — Gil-galad (Benjamin Walker) revela a Elrond (Robert Aramayo) que uma história aparentemente apócrifa sobre um elfo, uma árvore e um balrog conecta mithril aos Silmarils.

O Estranho

Logo após uma cena no episódio onde O Estranho se preocupa que ele possa ser mau, e Nori (Markella Kavenagh) o tranquiliza de que ele é bom, temos a maior pista de que O Estranho pode ser Sauron. Algumas pessoas assustadoras com cabelos loiros brancos e olhos frios de gelo cercam o local do meteoro onde O Estranho caiu. Ouvimos sussurros em uma linguagem escura que evocam os sons do Olho de Sauron. Quem são essas pessoas? O que eles querem com O Estranho?

Conforme os créditos finais, essas três mulheres são chamadas de Nômade (Edith Poor), The Ascetic (Kali Kopae) e The Dweller (Bridie Sisson).

Bem, quem são essas mulheres? Eles provavelmente fazem parte de um dos cultos que adoram Morgoth. O Silmarillion descreve como Sauron se apresentou como um representante na Terra Média para seu mentor caído, antes de finalmente perceber que ele deveria ser o responsável. Pessoas e orcs que se inscreveram na adoração de Morgoth acreditavam que a adoração do Valar estava impedindo as pessoas de seu verdadeiro potencial.

Claro, uma vez que a cena que os apresenta começa com um flashback da chegada de O Estranho no episódio, que parecia o Olho de Sauron, e termina com Adar (Joseph Mawle) em contemplação, este poderia ser um culto adorador de Sauron. Afinal, sabemos que alguns southlanders já estão depositando suas esperanças e sonhos no retorno de Sauron.

O que realmente importa é que essas pessoas não são boas e estão caçando O Estranho. Sabemos que muitos seguidores de Sauron – pelo menos Waldreg (Geoff Morrell) – acreditam que a queda de estrelas sinaliza seu retorno. Isso significa que O Estranho é Sauron? Talvez! Mas Waldreg já provou estar errado sobre Sauron. Ele acredita que Adar é Sauron. Algo que Adar se ofende. Então ainda pode ser que O Estranho seja bom, como Nori acredita, e esses cultistas estão errados de forma semelhante a Waldreg.

O Mithril no episódio?

Até os fãs casuais de Tolkien sabem que a riqueza das Minas de Moria não era ouro, mas mithril. O episódio permite que Gil-galad lance uma nova luz sobre a história de origem de Mithril. Acontece que o mithril está diretamente ligado aos silmarils míticos.

Morgoth destruiu as árvores de Valinor e roubou os Silmarils, dando início à terrível guerra que Galadriel detalha em O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder.

Gil-galad revela a Elrond que a obscura lenda conhecida como “Canção das Raízes de Ithildir” conta a história de um guerreiro elfo que luta contra um balrog sobre uma árvore no topo das Montanhas Misty. Aparentemente, um dos Silmarils perdidos estava escondido na referida árvore.

O elfo derramou todo o seu bem na árvore e o balrog todo o seu ódio. Um raio pegou a árvore e empurrou um poder misterioso através de suas raízes, nas profundezas das Montanhas Misty. O poder é “tão puro e leve quanto bom, tão forte e inflexível quanto o mal.” Esse poder citado no episódio… é mithril.

Gil-galad acredita que o mithril, minério que contém a luz dos Silmarils perdidos, é a única coisa que pode impedir que a praga que aflige os elfos diminua a luz do Eldar.

Isso significa que Elrond tem que convencer seu amigo Durin a dar mithril aos elfos, a fim de salvar os próprios elfos.

Gostou do final explicado do episódio 5 de Anéis de Poder? Deixe nos comentários.

Assim, episódio 5 da série O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder (The Rings of Power) está disponível agora, exclusivamente no Prime Video.

Por fim, acompanhe todos os detalhes da série aqui no MeUGamer.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.