Demorou algumas horas, mas o ator Clayne Crawford, que interpreta o policial Martin Riggs na série Máquina Mortífera, se manifestou a respeito das acusações de má conduta, que começou a circular na web no início desta semana.

Através de uma carta aberta publicada em seu perfil no Instagram, o ator se pronunciou sobre suas ações, afirmando o que é ou não verdade sobre os boatos que temos ouvido até agora.

Confira abaixo a carta na íntegra, em versão traduzida:

“Como vocês devem imaginar, as manchetes de ontem foram bem estressantes. Sim, é verdade que fui reprendido duas vezes durante as filmagens da segunda temporada de Máquina Mortífera. A primeira vez foi por reagir de forma nervosa contra algumas condições de trabalho do qual não me sentia seguro, batendo de frente com um diretor convidado e seu assistente que, em troca, ficaram bravos com minha resposta.”

“Me encontrei com o RH, pedi desculpas pelo conflito e fiz a terapia indicada pelo estúdio. Até doei uma parte considerável do meu salário com um dos envolvidos, conforme me indicaram. A segunda ocasião veio durante um episódio em que eu estava dirigindo. Um ator no set não estava se sentindo seguro porque um estilhaço de um efeito especial o atingiu. Foi um incidente que acabou acontecendo, mesmo com todas as medidas de segurança e procedimentos terem sido seguidos. Assumi o erro, afinal eu estava no comando do set”.

“Eu amo, respeito e absolutamente me importo com minha equipe e elenco, e nunca prejudicaria propositalmente tantos empregos. Acima disso, eu amo o processo de filmar para cinema e televisão. Eu aprecio e respeito o trabalho de todos os envolvidos”.

“Me desculpem se minha paixão por fazer um bom trabalho fez alguém não se sentir confortável no set, ou mal recompensado por seu empenho. Peço sinceras desculpas a toda equipe e ao elenco, pela atenção negativa que Máquina Mortífera está recebendo por causa desses incidentes. Me orgulho muito em tratar todos na vida com dignidade e gentileza. Estou muito grato por meu trabalho e me empenho muito nele. Sinto a responsabilidade de desempenhá-lo bem por meus colegas de trabalho, família, pelo meu estado natal e, especialmente, pelos fãs. Espero que vocês continuem comigo e com a série”, concluiu Crawford.

Comportamento tóxico e abusivo

Protagonista virou motivo de dor de cabeça para produtores da série.

A denúncia foi inicialmente publicada pelo site Deadline. A matéria afirmou que o ator tem comportamento tóxico durante as gravações, tendo um histórico de “abuso emocional“.

Máquina Mortífera é uma das séries dramáticas de maior audiência da TV americana, e uma terceira temporada era praticamente certa até a revelação destes incidentes.

As produtoras estão analisando as seguintes opções: cancelamento da série ou até mesmo substituição do ator, questão igualmente complexa, já que Crawford é um dos protagonistas ao lado de Damon Wayans – que permanece no seriado. Cogita-se, inclusive, que uma mulher seja escalada para protagonizar a série ao lado de Wayans.

A série é transmitida no Brasil pelo canal pago Warner Channel, enquanto a Rede Globo exibe a série em TV aberta.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.