Comic-Con 2018: Confira a lista de vencedores do Eisner Awards

 

O brasileiro Marcelo D’Salete ganhou o prêmio de Melhor Edição Americana de Material Estrangeiro

 

A tão aguardada premiação de quadrinhos finalmente aconteceu durante a Comic-Con 2018. Sim, estamos falando do Eisner Awards – o “Oscar” das HQs. Este ano os principais destaques foram para My Favorite Thing is Monsters e Monstress; ambos levaram cinco prêmios.

Apesar dos destaques, o Brasil não ficou de fora: Marcelo D’Salete recebeu o prêmio de Melhor Edição Americana de Material Estrangeiro por Cumbe (Run for It, nos Estados Unidos), HQ que fala sobre a escravidão usando quatro personagens diferentes (todos escravos) que lutam contra o sistema escravista na época colonial brasileira. Pode-se, inclusive, dizer que Cumbe tem fundamentos em fatos reais, uma vez que Marcelo D’Salete explorou documentos e relatos reais para criar suas histórias.

Conhece a obra do brasileiro e achou o troféu merecido? Deixe nos comentários!

Confira agora a lista completa dos vencedores do Eisner Awards 2018:

 

Melhor História Curta

“A Life in Comics: The Graphic Adventures of Karen Green,” de Nick Sousanis, em Columbia Magazine (Summer 2017)

 

Melhor edição única/One-Shot 

Hellboy: Krampusnacht, de Mike Mignola e Adam Hughes (Dark Horse)

 

Melhor série contínua

Monstress, de Marjorie Liu e Sana Takeda (Image)

 

Melhor série limitada

Black Panther: World of Wakanda (Pantera Negra: O Mundo de Wakanda, em tradução livre) por Roxane Gay, Ta-Nehisi Coates, Alitha E. Martinez (Marvel)

 

Melhor nova série

Black Bolt, de Saladin Ahmed e Christian Ward (Marvel)

 

Melhor publicação para jovens leitores (até 8 anos) 

Good Night, Planet, de Liniers (Toon Books)

 

Melhor publicação para crianças (9-12 anos)

The Tea Dragon Society, de Katie O’Neill (Oni)

 

Melhor Publicação para Jovens (13-17 anos) 

Monstress, de Marjorie Liu and Sana Takeda (Image)

 

Melhor Publicação de Humor

Baking with Kafka, de Tom Gauld (Drawn & Quarterly)

 

Melhor Antologia 

Elements: Fire, A Comic Anthology by Creators of Color, editado por Taneka Stotts (Beyond Press)

 

Melhor trabalho baseado na realidade

Spinning, de Tillie Walden (First Second)

 

Melhor Álbum Gráfico – Novo 

My Favorite Thing Is Monsters, de Emil Ferris (Fantagraphics)

 

Melhor Álbum Gráfico – Reimpressão 

Boundless, de Jillian Tamaki (Drawn & Quarterly)

 

Melhor Adaptação para outra mídia 

Kindred, de Octavia Butler, adaptada de Damian Duffy e John Jennings (Abrams ComicArts)

 

Melhor Edição Americana de Material Internacional 

Cumbe (Run for It: Stories of Slaves Who Fought for the Freedom), de Marcelo D’Salete, traduzido por Andrea Rosenberg (Fantagraphics)

 

Melhor coleção de Arquivo/Projeto – Tirinhas 

Celebrating Snoopy, de Charles M. Schulz, editado por Alexis E. Fajardo e Dorothy O’Brien (Andrews McMeel)

 

Melhor Coleção de Arquivo/Projeto – História em Quadrinhos 

Akira 35th Anniversary Edition, por Katsuhiro Otomo, editado por Haruko Hashimoto, Ajani Oloye, e Lauren Scanlan (Kodansha)

 

Melhor Escritor 

Tom King, Batman, Batman Annual No. 2, Batman/Elmer Fudd Special No. 1, Mister Miracle (DC)
Marjorie Liu, Monstress (Image)

 

Melhor Escritor/Artista 

Emil Ferris, My Favorite Thing Is Monsters (Fantagraphics)

 

Melhor Desenhista 

Mitch Gerads, Mister Miracle (DC)

 

Melhor Pintor/Artista Multimídia 

Sana Takeda, Monstress (Image)

 

Melhor Artista de Capa 

Sana Takeda, Monstress (Image)

 

Melhor colorista 

Emil Ferris, My Favorite Thing Is Monsters (Fantagraphics)

 

Melhor Letrista 

Stan Sakai, Usagi YojimboGroo: Slay of the Gods (Dark Horse)

 

Melhor quadrinho relacionado a jornais/jornalismo

The Comics Journal, editado por Dan Nadel, Timothy Hodler, e Tucker Stone, tcj.com (Fantagraphics)

 

Melhor Livro relacionado à História em Quadrinhos 

How to Read Nancy: The Elements of Comics in Three Easy Panels, de Paul Karasik e Mark Newgarden (Fantagraphics)

 

Melhor Quadrinhos Digital 

Harvey Kurtzman’s Marley’s Ghost, de Harvey Kurtzman, Josh O’Neill, Shannon Wheeler, e Gideon Kendall (comiXology Originals/Kitchen, Lind & Associates)

 

Melhor Quadrinho Digital

The Tea Dragon Society, de Katie O’Neill, teadragonsociety.com (Oni Press)

 

Prêmio O Espírito Will Eisner de Quadrinhos

Norma Comics, Barcelona, Spain

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.