Primeiras impressões do beta de Rogue Summoner
Primeiras impressões do beta de Rogue Summoner — Divulgação / Gamecraft Studios

O game Rogue Summoner, desenvolvido pelo pessoal do estúdio brasileiro Gamecraft Studios, está prestes a ser lançado (lança no dia 3 de Setembro) e nós do site MeuGamer jogamos em primeira mão e trazemos para vocês nossas primeiras impressões a respeito.


Rogue Summoner é um game Roguelike (níveis procedurais) de estratégia tático, onde o foco é encontrar essências dos mais diferentes (diversos) tipos de criaturas (desde simples minions até chefes poderosos) e invocá-las para lutarem em batalhas de turno em seu lugar, uma vez que, o protagonista é um feiticeiro invocador que não é capaz de lutar. O objetivo aqui é derrotar todos os níveis das dungeons e se tornar o Rogue Summoner. O jogo é divertido ao mesmo tempo em que é sério, prende a atenção e estimula o raciocínio.

Intuitivo e Prático


Apesar de ser um game no qual precisamos raciocinar bastante, a jogabilidade e comandos são bem intuitivos, não existe uma grande variedade de informações ou recursos que poluem a tela e confundem os jogadores (como em outros games de estratégia), na verdade tudo é muito prático e direto. Além disso, o jogo conta com um tutorial super explicativo e fácil que nos apresenta as funcionalidades e mecânicas na prática.

Visuais Simples


Aqui senti que os desenvolvedores poderiam ter trabalhado um pouquinho mais (uma opinião particular que pode divergir de outras opiniões), apesar do visual do game estar OK, poderia ser melhor, mais vívido e colorido. Fica uma sensação de opacidade que não chega a incomodar.

Estratégia Pura


O game de início pode até ter uma premissa bem simples e direta, pode até parecer fácil e bobo, no entanto, no desenrolar das batalhas e conforme avançamos nos níveis das dungeons, a coisa começa a ficar séria. O jogo em muitos momentos lembra um tabuleiro de xadrez no qual temos que prever e antecipar as jogadas do oponente, fazendo com que em determinados níveis, tenhamos que parar respirar fundo e pensar bastante antes do nosso próximo movimento. Um movimento errado pode custar caro aqui, porém, aquele movimento bem executado pode eliminar vários adversários ao mesmo tempo. Para aqueles que buscam se divertir sem compromisso ou para aqueles que buscam desafios, raciocínio e estratégia pura, Rogue Summoner é a pedida certa.

Dinâmica Divertida


O pessoal do Gamecraft Studios mandou bem na dinâmica desse game, sendo um dos pontos mais fortes aqui apresentados. Começamos com apenas uma criatura para ser invocada nas batalhas, mas conforme derrotamos outras, as mesmas deixam suas essências para ser coletadas e já no próximo nível da dungeon podemos usá-las. Importante frisar que cada criatura tem seu nível de poder (ataque), sua quantidade de vida e a quantidade de mana que irá consumir ao ser invocada na batalha (esses atributos variam de criatura para criatura).


A mana é outro fator decisivo ao ponto em que, se não for bem utilizado, se os jogadores não invocarem as criaturas certas para cada batalha e ela zerar, é derrota certa. Além de pensar em antecipar as jogadas dos inimigos, é fundamental manter a atenção em qual criatura invocar em uma batalha, tendo assim uma gama de possibilidades de combinações bem legal.


A movimentação das criaturas basicamente é a mesma para todas (com algumas poucas exceções), no entanto, o foco aqui é prestar atenção na área de ataque delas que vária muito. Outro ponto é que quando vamos posicionar nossas criaturas, podemos ver qual será o movimento dos oponentes (mesmo assim não é fácil, pelo menos não de primeira) e planejar nossa estratégia.


Poções (de vida e mana) e itens que facilitam a vida dos jogadores também estão presentes aqui, porém, por se tratar de um game Roguelike de estratégia, existem poucos espaços no inventário, tornando a vida dos jogadores ao longo do game bem complicada.
Morrer (ou ser derrotado) não é uma escolha e se isso vier a acontecer (e o jogador não possuir nenhum item que o reviva) se prepare para retornar ao início do nível da dungeon e recomeçar tudo de novo

Além de estratégia, Rogue Summoner também é sobre escolhas e organização, dado o fato de que o inventário no game é limitado (propositalmente) para que tenhamos que substituir itens em determinados momentos, não podendo carregar todos.

Pontos Fortes


⦁ Game bem intuitivo (jogabilidade e comandos)
⦁ Dinâmica divertida
⦁ Força os jogadores a pensarem e serem estratégicos em determinados níveis
⦁ Trilha sonora que se encaixa bem com o game

Pontos Fracos


⦁ Apesar de oferecer níveis diferentes em estratégia e ser divertido, Rogue Summoner é um game repetitivo, onde vencer os inimigos e avançar para a próxima dungeon resume bem o jogo.
⦁ O visual do game, apesar de ser OK, poderia ser melhor trabalhado, poderia ser mais colorido e vivido.

Conclusão


É um game que pode ser jogado por ambos, aqueles que buscam apenas uma diversão e entretenimento (um passa-tempo), ou aqueles que buscam se aprofundar em desafios e estratégias. De um jeito ou de outro é um game divertido e gostoso, vale à pena dar uma chance para Rogue Summoner.

Rogue Summoner: Rogue Summoner é um jogo por turno bastante desafiador que é necessário traçar uma estratégia correta.ken_nascimento
7.5
out of 10.
2020-08-21T02:02:45-0300

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.