Surviving The Aftermath - Divulgação - Iceflake Studios / Paradox Interactive

O game Surviving The Aftermath, distribuído pela Paradox Interactive, é o mais novo RTS – Real Time Strategy (Estratégia em Tempo Real) do pessoal do Iceflake Studios. Seu Acesso Antecipado foi lançado recentemente, no dia 22 de Outubro, para PC (via Steam e Epic Store), Xbox One e Nintendo Switch. Nós do MeuGamer não perderíamos a oportunidade de experimentar esse título e trazer um Preview com o que achamos dele até agora. Espero que gostem!

Importante: Por se tratar de um game em fase de Acesso Antecipado, problemas como Bugs, Quedas de Desempenho, Crashes e Conteúdos Faltando, podem ocorrer. Esses são fatores naturais de um game nessa fase, portanto, muito do conteúdo (grande parte) apresentado até agora não representa a Versão Final.

Confira nossa Gameplay sem comentários (de 30 minutos) de Surviving The Aftermath abaixo:

Surviving The Aftermath

Em um Futuro Pós-Apocalíptico onde os recursos são escassos, mas existem diversas oportunidades (possibilidades). Os jogadores devem lutar para Sobreviver e Prosperar, construindo uma Colônia onde enfrentaram: Desastres (pandemias, fortes chuvas, meteoros e etc…), Invasores (bandidos) e a Incessante Busca por Recursos (suprimentos).

Aventure-se além da Colônia, Explore as terras desoladas e conheça Colônias Rivais. Cabe aos jogadores agora proteger seus colonos e restaurar a civilização em um mundo devastado.

Sobrevivência ao Extremo

Logo de início o game oferece muitas opções de gerenciamento de Gameplay aos jogadores, opções como Escolha do Ícone da Bandeira (bandeira da colônia), Cor da Bandeira, Lema da Colônia, Seleção de Especialistas, bem como também utiliza um sistema de perguntas que aumenta a porcentagem da dificuldade (com base nas respostas dos jogadores) que o game oferecerá na Campanha.

A Seleção de Especialistas de longe é uma das escolhas iniciais mais importantes, pois, são eles os responsáveis por explorar o mapa de Surviving The Aftermath e encontrar novas áreas de Recursos, Pesquisas, Caça e Rios (para coleta de água), além de Colônias Rivais. A princípio, os jogadores só podem escolher três Especialistas, no entanto, o título oferece 46 Especialistas Únicos, cada qual com suas próprias Habilidades para gerenciar os Recursos e Produções da Colônia. No decorrer da Campanha os jogadores ganharam mais Especialistas, porém, o que dita o início do game é a escolha dos três primeiros, muito cuidado nessa hora!

O foco de Surviving The Aftermath é a sobrevivência, então não espere por Missões, aqui os jogadores devem simplesmente enviar seus Especialistas para Explorar (descobrir novas áreas), coletar Recursos e começar a montar suas Colônias. Conforme ela vai se estruturando e ganhando tamanho, novos colonos começam a surgir e com isso alguns problemas, problemas que qualquer tipo de civilização enfrenta como Fome, Sede, mais Tendas/Casas para abrigar os colonos e Invasores (bandidos). Quanto mais desenvolvida (tecnológica), mais atenção as Colônias chamam!

Para ajudar os jogadores nessa difícil tarefa, existem mais de 50 Tipos Diferentes de Construções (Edificações), desde ajudar com Coletas de Recursos e Cultivo (Agricultura), até a Exploração e Segurança. Além disso, existe também o Portão que serve para separar a Colônia do Mundo Selvagem que está esperando para ser explorado.

Outro ponto importante desse RTS Game – Real Time Strategy Game (Game de Estratégia em Tempo real) é que sempre que os jogadores iniciam uma nova Gameplay, eles começam em um ponto diferente (aleatório) do Mapa (Mundo). O Mundo do game é vasto e gerado de forma procedural, fator que enriquece a Exploração e os 6 Biomas (Ambientes) diferentes. Cada Bioma possui diferentes Condições e Clima, os jogadores devem estar sempre atentos, pois, Desastres (pandemias , fortes chuvas, meteoros e e etc…) podem acontecer a qualquer momento.

Sobrevivência de Qualidade

Falando dos aspectos mais importantes de Surviving The Aftermath, devemos ressaltar que mesmo em seu Acesso Antecipado, o game funciona bem. A Jogabilidade é fluída, os comandos obedecem bem e são leves; até o momento não tive problemas com Bugs (Bugs sérios que comprometem a jogabilidade), Crashes ou Queda de Desempenho, tudo funciona bem e como deveria.

Graficamente falando, o título apresenta Visuais bem coloridos (vívidos e bonitos), bem trabalhados e com um nível de detalhes bem interessante. Cada ambiente diferente é retratado de maneira competente (bem competente) pelo pessoal do Iceflake Studios. Elementos como Noite e Dia, por exemplo, são respeitados e notam-se os cuidados com os diferentes tipos de iluminação.

Para somar com os Visuais bem trabalhados, temos uma Trilha Sonora muito interessante, que particularmente eu adorei. Apresentando sons instrumentais (violinos, violão e piano) e que tem uma pegada bem de interior. Simplesmente muito bem orquestrada!

Pontos Fortes e Pontos Fracos

Pontos Fortes

  • Jogabilidade boa e divertida.
  • Gráfico colorido, vívido, com bom nível de detalhes e bem trabalhado.
  • Trilha Sonora muito boa (eu particularmente achei fantástica).
  • Ótima Variedade de Tipos de Construções (Edifícios ou Edificações de preferir).
  • 6 Biomas (Ambientes) Diferentes, cada qual com seu próprio Clima/Condição, que afetam diretamente na Colônia e na busca por Recursos.

Pontos Fracos

  • Especialistas são ótimos exploradores, porém, não ajudam muito na Colônia quando retornam. Mantenham eles sempre explorando e tudo fica certo.
  • Não é possível Definir Tarefas para os colonos normais, eles executam as tarefas da Colônia de forma automática.
  • Para poder criar qualquer tipo de Construção nova e melhor, os jogadores terão que Destruir suas construções anteriores, não importando se elas são do mesmo tipo, pois, não existe a opção de só fazer o Upgrade delas.

Conclusão

Para os amantes de games no estilo RTS – Real Time Strategy (Estratégia em Tempo Real) e para aqueles que entendem que o Acesso Antecipado não é a Versão Final de um game, existindo o espaço para melhorias constantes, Surviving The Aftermath é um titulo para se observar. Aqui muitas horas de diversão estão garantidas!

Agradecimentos

Nós do site MeuGamer deixamos aqui nossos agradecimentos ao Iceflake Studios, desenvolvedor do game, e a Paradox Interactive, distribuidora. Obrigado por nos conceder acesso ao game de forma antecipada e gratuita, assim sendo possível a realização deste “Preview”. Obrigado por confiar em nosso trabalho. E também agradecemos a todos vocês que nos acompanham no dia a dia. Muito Obrigado!

Surviving The Aftermath: RTS de qualidade, agradável e divertido!ken_nascimento
7
out of 10.
2020-12-09T20:03:27-0300

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.