Sonic Frontiers review Sonic Frontiers análise sonic frontiers gameplay
Sonic Frontiers - SEGA

Sonic Frontiers é um jogo da Sonic Team, publicado pela SEGA. Desta vez Sonic parte em busca das esmeraldas do Caos, que estão desaparecidas e acaba preso em uma ilha antiga repleta de criaturas singulares.

Devemos enfrentar uma série de inimigos e explorar o mundo. O jogo segue em ritmo acelerado, contendo muita ação, aventura e mistério, onde podemos desfrutar de uma zona aberta e percorrer as cinco enormes Ilhas Starfall. No local, encontramos florestas densas, cachoeiras, paisagens desérticas, cheias de desafios e segredos.

Nesta nova versão de Sonic, devemos encontrar o melhor caminho para prosseguir através da missão principal e secundárias, resolver puzzles, escalar estruturas, pescar, entre outras coisas. Também na Ilha, nos deparamos com portais espalhados, permitindo acesso a níveis do Ciberespaço, com plataformas 3D repletas de desafios para testar nossas habilidades.

Apesar da preocupação inicial sobre um jogo de Sonic em mundo aberto acabar repleto de lugares vazios, a Sonic Team fornece um mundo equilibrado, contendo Parkour, inimigos e demais desafios.

Sonic Frontiers Review - PC

História

Doutor Robotnik tem planos para obter os segredos dos anciões e para isso ativa um dispositivo, mas seu plano não dá muito certo. Sonic e seus amigos sobrevoam uma ilha, em busca das esmeraldas do Caos.
Porém, o aeroplano é atingido por uma espécie de carga atmosférica, sendo direcionado para um portal, onde sonic acaba caindo sozinho em um local do mapa. Sonic deverá encontrar seus amigos e salvá-los.

Para lutar contra o Titã do mapa, ele precisa coletar todas as esmeraldas do Caos e se tornar o Super Sonic. Conforme avançamos na história, aprendemos mais sobre os antigos, sua tecnologia, seus objetivos, quem e o que são os Koco e muito mais.

Jogabilidade

Nossa primeira jornada é participar de um nível padrão. Existem uma série de níveis clássicos de Sonic, com vários planos de fundo, dividindo-se entre níveis construídos em 3D e outros com movimentação estilo side scrolling.
No mundo aberto, somos livres para andar por todos os lugares. São cinco mapas no total, com quatro contendo atividades semelhantes e um com elementos de parkour, mudando o ritmo enquanto avançamos na história. Ao concluir um mapa, somos direcionados para o próximo, mas sempre temos a opção de escolher qual mapa na tela de menu.

Sonic Frontiers Review - PC

Os mapas possuem elementos para serem coletados por toda parte. São espalhados de maneira específica, pois o que coletamos são as memórias de nossos amigos, que estamos tentando salvar.
O sistema apresentado é basicamente um sistema de entrega de estágios e encontro com grandes chefes. Sonic tem uma série de habilidades e uma árvore de habilidades, muitos combos de combate e atualizações de estatísticas.

Habilidades

As habilidades incluem recursos de velocidade da Luz e um recurso que permite que Sonic crie um anel onde ele corre, funcionando bem no jogo. Literalmente andamos por ai, coletamos itens durante nossa exploração e progredimos no jogo. Podemos encontrar engrenagens e chaves no mundo aberto para manter a história seguindo.
O combate é simples, mas brilha. Ao lidar com inimigos normais, Sonic Frontiers não mostra seu verdadeiro potencial. No confronto com os chefes, ele brilha. É a parte mais divertida.

Esses encontros são os momentos mais complicados e envolventes do jogo. Muitas vezes parecendo enormes construções tecnológicas, temos que utilizar uma série de variações técnicas para derrotá-los, seja escalando uma parte externa, cronometrando nossos ataques ou indo em outra direção tentando ataques rápidos.

Em suma, Sonic Frontiers parece natural. Não existe um momento sequer que você deixe de fazer algo, seja desbloquear o mapa de cada nível, seja colecionar vários itens ou simplesmente avançar na história. A medida que completamos o mapa e expandimos nossa jornada, mais loops e trilhas aparecem e descobrimos que podemos ir de uma ponta a outra do mapa em instantes.

Gráficos e Som

Em termos sonoros, temos um ótimo trabalho entregue. A dublagem também foi bem desenvolvida.
Visualmente o jogo impressiona, considerando diversos elementos. Cada mapa possui um estilo distinto, desde níveis de rolagem lateral aos segmentos 3D. Não passaram desapercebidos uma série de aspectos estéticos questionáveis, nada grave.

Acima de tudo, minha maior reclamação fica para a câmera, com a mesma elevando-se muito acima de Sonic, mantendo-o travado na parte inferior da tela, complicando a visualização inimiga quando travamos um ataque.
Como resultado, percebemos que os jogos de Sonic evoluíram com o tempo, apresentando uma estética mais afinada. E Frontiers é uma extensão dessa evolução. A música é excelente, com toques sombrios e batidas frenéticas, com destaque para trilha presente em cada ilha, que capturam a vibração do local. Em termos técnicos e de otimização, não observei problemas graves.

Gamerdito

Sonic Frontiers pode ser um indicador do futuro de Sonic no universo dos jogos. É uma excelente fórmula, que funciona em alguns aspectos e falha em outros. A ideia do mundo aberto não é ruim, no entanto, uma melhor implementação ajudaria.

Primordialmente, os gráficos são ótimos em níveis menores e não tão brilhantes no mundo aberto. Além disso, o combate fornece diversão, porém, em alguns momentos, o controle de câmera pode ser desafiador. No geral, funciona e com os devidos ajustes, pode tornar-se brilhante.

Recebemos uma Key através da SEGA para o teste do jogo.

Sonic Frontiers Review - PC: "No geral, funciona e com os devidos ajustes, pode tornar-se brilhante."- Vanessa Ferreiravanessaferreira
7
out of 10.
2022-11-23T09:58:46-0300

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comentem aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.