The Survivalists - Sobrevivendo em grande estilo - Review PC
The Survivalists - Team17

The Survivalists é um simulador de sobrevivência desenvolvido pela Team17 onde estamos presos em uma ilha e necessitamos de recursos para conseguir deixá-la. Inicialmente, começamos a coleta de matéria-prima como madeira, pedras, gramas, frutas, cocos e o que mais puder se coletado pela Ilha. O importante, é sobreviver e escapar!

Um menu de construção é exibido, onde podemos construir nossa primeira ferramenta, com produtos como cordas, tábuas, blocos de pedra e itens semelhantes, ao criar um objeto, desbloqueamos outros itens na árvore de itens do modo construção. No início, um tutorial auxilia na jogabilidade, mas caso você fique perdido, pode acessar o menu onde todas as instruções de jogabilidade estão presentes. Ao construir uma bancada, mais planos de construção serão adicionados como cozinha, cama, forno….

A fome está presente, e para sobreviver, necessitamos coletar itens para consumo imediato, como frutas, cocos ou até mesmo matando animais. Alguns itens associados geram uma novo item de consumo, como frutas e coco, que geram uma vitamina. Alimentos serão preparados na fogueira e reabastecem nossa energia.

Apesar de ser uma ilha e imaginamos uma solidão iminente, nem sempre será assim. Temos que defender nosso acampamento contra-ataques de orcs, ogros e outros animais. Uma cerca será muito bem-vinda na proteção, lembre-se disso.

Explorando a ilha, encontramos melhores matérias-primas até itens deixados próximo a esqueletos que ficam em algumas partes da ilha. Esses itens são bem úteis, pois muitas vezes já estão prontos, apenas coletando e adicionando ao nosso menu.

Porém, essa exploração pode ter um preço algo, como encarar alguns inimigos que não estavam em nossos planos, caso uma arma não tenha sido construída, a chance de morte acaba elevada e ai você percebe, assim como eu, que não salvou o jogo e perdeu diversos itens os quais já havia construído ou encontrado. Procure sempre salvar o jogo antes de explorar!

Um elemento que chamou a atenção em quanto jogava era como o estoque é limitado, mal cabe a quantidade de recursos que temos a disposição na Ilha, acabei por deixar alguns itens no chão próximo do acampamento pois não havia mais espaço para os itens adicionais e ao me afastar do acampamento e ter a necessidade de criar uma ferramenta, descobri que um dos itens havia deixado para trás.

Os macaquinhos presentes no jogo são de grande ajuda, encontramos os mesmos no mapa ou preso em algumas jaulas. Ao alimentá-los, podemos treiná-los em um modo meio que remete a repetição de nossos atos, gerando um auxiliar no cultivo de recurso, construção de paredes e lutas.

Instruir os macacos demanda certa paciência, temos que mostrar sempre aos macacos o que fazer. Comandos simples para atividades que já foram aprendidas também ajudaram, mas confesso que senti dificuldade em lidar com eles. No final do dia, acabava indo sozinha em busca de meus recursos enquanto eles tentavam chamar minha atenção.

Podemos deixar que os macaquinhos presentes na ilha cuidarem da parte da construção enquanto focamos na parte da sobrevivência e essa exploração direciona a outros acampamentos onde encontramos áreas abandonadas que além dos itens comuns de sobrevivência, também fornecem alguns diários, esses esqueletos são de diferentes períodos do tempo, como romanos, samurais, exército, até mesmo navios piratas e aviões.

Em relação ao combate e ao uso das ferramentas, possuímos um medidor de resistência, onde podemos atacar até certo ponto e as ferramentas têm uma vida útil.

A barra de saúde que desce com o tempo, algo que devemos prestar a atenção. Não adianta partir para explorar um ambiente se estamos fracos e se não temos algum alimento pronto em nosso inventário. Alguns inimigos variam de dificuldade, procure atacar e manter uma certa distância para não sofrer tantos danos.

Um problema o qual me deparei, foi em relação a locomoção em algumas áreas, em trechos da ilha mais densos, foi difícil descobrir como andar, não conseguindo observar o que de fato me impedia de seguir.

O mapa do game é enorme, com várias áreas que são fontes de saque sendo reabastecidas periodicamente, o que garante ao sobrevivente um estoque relativamente acessível, suficiente para mantê-lo vivo e trabalhando.

Graficamente, o estilo pixel art é a combinação perfeita para o estilo de jogo. Todo a ilha apresenta cores vibrantes, os personagens são bem animados, as estruturas de ruínas e itens no cenário tem uma boa quantidade de detalhes e a vegetação é renderizada de forma que temos a sensação de que temos realmente elementos da natureza presentes.

A música tema do jogo tem o intuito de relaxar. É um tema lento, estilo retro, que combina com o cenário apresentado, uma ilha cercada pelas ondas. Mesmo nos momentos de perigo, a trilha sonora tem um efeito relaxante. Em combates diretos, o ritmo aumenta, claro, mas em sua maior parte, tem como objetivo relaxar o jogador.

VALE A PENA JOGAR?

The Survivalists é divertido, onde a exploração constante e os itens a serem descobertos fazem com que você queira descobrir mais e mais. Possui um gráfico simples, porém agradável em pixel art, trilha sonora relaxante e bons elementos de sobrevivência. Se busca diversão, algo em que possa relaxar e utilizar sua imaginação, sem o stress de um jogo mais dinâmico, este é o jogo para você.

The Survivalists - Sobrevivendo em grande estilo - Review PC: Se busca diversão, algo em que possa relaxar e utilizar sua imaginação, sem o stress de um jogo mais dinâmico, este é o jogo para você. - Vanessa Ferreiravanessaferreira
8.5
out of 10.
2020-10-15T14:46:08-0300

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.