Sem patrocínio master, Festival Anima Mundi recorre a financiamento coletivo

O Festival Anima Mundi, considerado o maior da animação da América Latina e com mostra de cineastas de todo o mundo, com mais de 500 filmes exibidos todos os anos para um público de 50 mil pessoas, abriu financiamento coletivo na plataforma Benfeitoria para a realização de sua 27ª edição, prevista para julho no Rio e em São Paulo.

Depois de perder o seu patrocínio master da Petrobras, retirado pelo governo federal, que correspondia a cerca de 35% da cota do festival, que tinha orçamento médio de R$ 3 milhões. Os organizadores do evento estão correndo contra o tempo para a realização da 27ª edição, prevista para acontecer entre os dias 17 e 21 de julho no Rio de Janeiro, e 24 e 28 de julho, em São Paulo. Contudo, uma campanha para viabilizar a edição, com perspectiva de arrecadar no mínimo de R$ 400 mil reais foi aberta no site de financiamento coletivo benfeitoria.

A campanha de financiamento online terá três metas. Com a etapa inicial em 13 de maio com meta primária de R$ 400 mil reais, seguidas por:

R$ 600 mil: para a realização da mostra de filmes e do Papo Animado no Rio de Janeiro e em São Paulo;

R$ 800 mil: para a realização da mostra de filmes e do Papo Animado no Rio de Janeiro e em São Paulo e Anima Fórum em São Paulo.

O festival foi criado em 1993 por Aída Queiroz, Cesar Coelho, Lea Zagury e Marcos Magalhães, responsáveis pela curadoria do Festival. Desde a criação, exibiu mais de 10 mil filmes de animação do mundo inteiro a preços populares, entre longas e curtas-metragens, além de promover oficinas abertas e gratuitas, debates, exposições, entre outras atividades.

 

A organização está promovendo uma hashtag com nome #euanimo. Vamos juntos fazer o Anima Mundi acontecer! Quem anima?

Gamernéfilos, se você é fã animação basta acessa o link da campanha e colaborar com o Festival Anima Mundi.

Star Wars: 4 De maio amazon

Acompanhe o MeuGamer no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Twitch e Pinterest.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.