Estudo indica médicos para usarem anel smart que identifica possíveis sintomas da COVID-19

Um novo estudo avaliará um anel smart que mede a temperatura das pessoas na tentativa de identificar pessoas que têm o novo coronavírus mais cedo, informa o San Francisco Chronicle .

Médicos de emergência do Centro Médico da Universidade da Califórnia, San Francisco e do Hospital Geral Zuckerberg San Francisco usarão anéis Oura para o estudo. Além disso,os anéis serão dados a profissionais médicos de emergência que entrarem em contato com pacientes que podem ter o COVID-19. 

Os trabalhadores devem utilizar o anel por três meses, preencher pesquisas diárias e compartilhar dados de saúde coletados pelo aplicativo Oura Ring com o Oura, de acordo com a UCSF .

Os anéis possuem rastreadores do sono, monitoram a freqüência cardíaca, respiratória e as mudanças na temperatura do corpo.Por outro lado, não foi comprovado que detectam a COVID-19, mas os dados coletados podem ajudar.

Acompanhe o MeuGamer no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Twitch e Pinterest.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.