Google fecha estúdios de desenvolvimentos de jogos
Google Stadia — Reprodução / Google

Quando a Google anunciou que criaria um console para concorrer no mercado de games, surpreendeu a todos e até criou estúdios para desenvolver jogos da sua plataforma nas nuvens, mas, ao perceber que o caminho é longo e árduo, decidiu fechá-los.

Os dois estúdios internos que estavam desenvolvendo jogos para o serviço, em Montreal e em Los Angeles, serão fechados. Jade Raymond, que era a líder da divisão de desenvolvimento, está deixando a empresa. Segundo Phil Harrison, vice-presidente do Stadia, afirmou que o Google vai continuar investindo no serviço, mas focando em games de terceiros:

“Criar os melhores jogos do zero leva muitos anos e um investimento significativo, e o custo estão subindo gradativamente. Devido ao nosso foco em construir a tecnologia estruturada do Stadia, assim como intensificar parcerias comerciais, decidimos que não investiremos mais em trazer conteúdo exclusivo da nossa equipe de desenvolvimento interno na SG&E [Stadia Games and Entertainment], além de jogos planejados a curto prazo.”

Apesar do serviço do Stadia ainda não ter chegado em diversos países do mundo, incluindo o Brasil, a tecnologia do Google é visionária, e é uma tendência futura que provavelmente será seguida por outras desenvolvedoras de console.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.