Crítica | O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é uma mescla do 1 e 2

Crítica | O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é uma mescla do 1 e 2
 

Longa consegue explorar nostalgia das duas primeiras franquias

Quando recebi a informação que James Cameron retornaria na produção do futuro filme da franquia do Exterminador do Futuro, — confesso que fiquei animado e alguma coisa boa pode vir. Já que o longa teria direção de Tim Miller o mesmo diretor de DeadPool. Passado o hype, e notícias sobre o roteiro que, o longa seria uma espécie de “reboot“, ignorando todos os demais filmes, exceto o primeiro e o segundo da franquia. Além de acrescentar elementos inéditos não explorado na saga, deixaram os fãs um tanto receosos. Também pudera, o último filme da franquia estrelado por Emilie Clarke (Game of Thrones) e Jason Clarke (Cemitério Maldito – Remake) de 2015, foi massivamente criticado pela crítica especializada pelo mundo.

Por outro lado, um fator importante animou os fãs, foram os retornos de Linda Hamilton interpretando Sarah Connor e a confirmação que o personagem de John Connor interpretado por Edward Furlong, sua aparição é surpreendente.

Ao assistir os primeiros minutos de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio. senti uma breve nostalgia, o mesmo sentimento só exalei, quando era um pequeno “padawan“, — Sim, sou fã da franquia Star Wars, por isso, da referência. Quem imaginaria, logo no início Sarah Connor e John Connor, iriam nos proporcionar momentos tão marcantes e nostálgicos.

O fim do legado da família Connor?

Destino Sombrio vai muito além de Sarah e John, era necessário nos mostrar algo novo, como um novo recomeço da franquia. O longa se passa 22 após os acontecimentos de “O Dia do Julgamento Final“. De imediato é nos apresentado a destemida Daniela “Dani” Ramos personagem de Natalia Reyes (Pássaros de verão). Uma operária comum que trabalha junto com seu irmão em uma indústria automotiva no México e vivem uma típica vida de uma família feliz com seu pai.

És, que Cameron quis nos apresentar elementos referenciando o segundo filme da franquia, com o Exterminador T-1000, agora batizado de Rev-9 cuja nova versão é vivida por Gabriel Luna (Agentes da S.H.I.E.L.D.).

As principais cenas de ação do filme é quando Luna aparece em perseguições implacáveis, eliminando tudo o que lhe impende em sua frente. — Inclusive Gabriel Luna consegue segurar bem as pontas do filme — Um Exterminador tão bom quanto T-1000 interpretado por Robert Patrick em Exterminador do Futuro 2. A nova versão do exterminador de Luna, sofreu uma atualização e agora contém um exoesqueleto macabro, sendo tão letais sozinhos ou em dupla. O Rev-9 consegue caminhar sem o seu exoesqueleto.

Cenas de ação no melhor estilo de Dejà vu

As cenas poderiam até soar um tanto previsível e com a sensação, — Eu já vi isso em algum lugar como um Dejà vu. O longa é uma mescla do primeiro e segundo exterminador, com uma mistura de reboot e remake — no melhor estilo “tudo junto e misturado”. No quesito ação o filme não deixa nada a desejar. Mackenzie Davis (Blade Runner 2019) como Grace, conseguiu impressionar em sua atuação como uma nova viajante do futuro, — Confesso que não consigo chamar Grace de uma “Terminator”, agora são eles são conhecidos como os “Aprimorados”. Nos embates entre Rev-9 e Grace são de tirar o fôlego, além de cenas sem o exagero.

A personagem de Davis conseguiu, ofuscar até mesmo Reyes, a protagonista da trama. Davis em seus momentos em conjunto com Hamilton, passam uma clara impressão que suas personagens são fortes e que buscam tudo pelos seus objetivos.

As inovações na franquia e os aprimorados.

Cuidado! Apesar deu não considerar um spoiler, alguns podem achar

Para não parecer um roteiro mais do mesmo, Grace é uma espécie de uma meta-humano “Aprimorados”, algo como um Wolverine das histórias em quadrinhos da Marvel Comics, no entanto, sem sua ilustre regeneração. É exatamente isso que você leu. Ou um clássico ciborgue com melhoramento tecnológico que aumentam sua força, rapidez e visão. Ademais, Grace, ainda consegue pensar como uma humana e ter febre. É inovador mas boa parte dos fãs podem estranhar.

Arnold Schwarzenegger e seu icônico T-800

Mas como encaixar o T-800, já que os novos viajantes são meta-humanos? A resposta para a pergunta em questão será superficial, considerando que seria um grande spoiler.

T-800 personagem de Arnold Schwarzenegger, ele retorna na trama em momentos cruciais, de nostalgia, cômico e dramático. Como mencionado Miller e Cameron não ignoraram os acontecimentos dos dois primeiros filmes. T-800 foi enviado novamente ao passado com a missão de encontrar John Connor, nesse momento o personagem de Schwarzenegger fará total sentido para o desenrolar da trama. Apesar do filme apresentar elementos de ação e ficção, O exterminador será um grande alívio cômico em certos momentos. Afinal, a idade chega para todos, e para o ciborgue não seria diferente, seu corpo externo utiliza tecidos humanos, e sua pele iria envelhecer de certa forma.

Infelizmente, o reencontro entre a personagem de Linda e Schwarzenegger, não foi tão bem explorado, deixando um espaço não preenchido entre os dois.

Skynet é uma nova legião?

Cuidado! Apesar deu não considerar um spoiler, alguns podem achar

Como de fato o futuro dos demais longas nunca chegaram acontecer, devido aos acontecimentos de “O Dia do Julgamento Final”. A Skynet não vai mais existir no novo futuro e será substituída pela inteligência que se declara “Legião”, tão impiedosa quanto a Skynet. O que causa grande confusão entre os personagens da trama. Na concepção de Sarah o futuro teria existido e sem alterações.

O maior pecado de Destino Sombrio, é passar a imagem que o filme foi feito para tentar apagar as tentativas frustradas de uma continuação direta de o Exterminador do Futuro 2. Isso pode ter amarrado os roteiristas em entregar um filme, que soa mais como uma referência aos primeiros filmes, do que algo novo e surpreendente.

Nota do Crítico

Crítica | O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é uma mescla do 1 e 2

3.5

Bom

por Jefão Calheiro

Jogue Gears 5 com Xbox Game Pass Ultimate

Acompanhe o MeuGamer no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Twitch e Pinterest.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.