Atualização de The Division 2 irritam jogadores

Atualização de The Division 2 irritam jogadores
 

A Ubisoft lançou um novo patch na última semana para o The Division 2 com atualizações de correções. Porém, diversos usuários não conseguiam mais iniciar o jogo, o game fechava na tela de carregamento, ao chegar em 10%. Os jogadores já experientes com horas de gameplay, simplesmente estavam impossibilitados de continuar seus progressos. Causando revolta entre os gamers.

No fórum de suporte para os jogadores na Ubisoft, um tópico com centenas de comentários foi iniciado, também no reddit. A maioria das queixas era a falta de resposta do suporte, sem mostrar uma solução pela desenvolvedora francesa. Alguns jogadores resolveram pedir reembolso da compra do game, até mesmo nas compras dos cosméticos usados.

Depois de muita espera pelas respostas, o suporte respondeu alegando, que na última atualização, foi removido o suporte e o jogo “não é mais compatível com PC’s usando processadores AMD Phenom (ou mais antigos)“.

A notícia causou uma série de pedidos de reembolso, já que os usuários parecem ter perdido a esperança de um patch, retornando com a compatibilidade dos processadores mais antigos.

Relembre o caso

A Ubisoft no dia 11 de fevereiro, anunciou uma promoção comemorativa para o lançamento da nova expansão paga chamada “Warlords de Nova York“, o game seria novamente levado para a cidade de Nova Iorque, trazendo toda nostalgia do primeiro jogo da franquia. Com valores reduzidos para atrair novos jogadores e ainda conseguir vender a expansão. O jogo chegou ao valor de R$7,99 na Epic Games e pela Uplay R$9,00. The Division 2 também ficou com preço reduzido nos consoles do Xbox One e no Playsation 4.

Porém, outros usuários pretendem entrar com uma ação coletiva por danos morais, ao qual, alegam não ter recebido sobreaviso algum, sobre o término do suporte. Problema parecido já havia ocorrido com jogos como Apex Legends da Respawn Entertaiment lançado pela EA, em 2019. Além disso, outras desenvolvedoras que tiveram problemas similares com seus jogos, conseguiram posteriormente lançar um patch de correção nos games como: Destiny 2, Resident Evil 2 (Remake), NBA 2K19 (Utilizando emulador lançado pela Intel) e No Man’s Sky.

 

Com a diminuição do suporte na arquitetura para os processadores que não possui o popcnt (sse3 ou sse4) 4.1 e 4.2, nos jogos, será quase uma obrigação dos gamers, fazer um upgrade em seus pcs gamer, caso queiram continuar jogando seus jogos em alto desempenho.

The Division 2 foi lançado em 15 de março de 2019 para PC, Xbox One e Playstation 4.

Acompanhe o MeuGamer no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Twitch e Pinterest.

2 thoughts on “Atualização de The Division 2 irritam jogadores

  1. Não sei se sou eu, ou é só impressão minha. Parece que a Ubisoft, quer recuperar a “borrada” que fez no primeiro titulo do jogo “The Division”. Ao mudar a mecânica do jogo. È bom lembrar que só na primeira semana a Ubisoft, com ” The Division 2″, e só no Japão vendeu 20.000 copias…. Quanto a mim e tendo em conta que antes as coisas (mudanças de equipamento, atributos… exóticos ), funcionavam mal , funcionava. Agora nada funciona ! Bem, depois vêm as armas exóticas, que tantas horas e “trabalho” deram para as termos, repetir varias vezes as mesmas missões, e que agora nada nos serve… Pergunto se não é uma falta de respeito para que comprou a expansão e para quem joga???? Ou para justificar o fracasso do primeiro jogo pedem mais dinheiro??? É que em Portugal chegou a custar mais expansão 150€ a 200€. Como digo, na minha opinião, é uma falta de respeito. E lembrem-se não é por andar constantemente a alterar o jogo e com correcções que vai tornar o jogo mais apelativo… e ainda querem que sejamos nós a relatar as anomalia !!! Quase de certeza que não jogam o jogo…. Se todos náo pedisse-mos uma indemnização, se calhar pensariam duas vezes, antes de pedirem mais dinheiro as pessoas. Eu não tenho culpa da “borrada” dos colaboradores da Ubisoft. Nunca mais….

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.