Devil May Cry 5 Special Edition foi desenvolvido e publicado pela Capcom, um jogo cuja franquia é sucesso absoluto, sendo o primeiro jogo pioneiro no estilo moderno de ação em terceira pessoa.

Continua após a publicidade.

Várias edições especiais costumam chegar ao mercado de jogos e elas tendem a fazer a mesma coisa, tornar Vergil um personagem jogável, adicionar recursos extras  e nível de dificuldade maior. Com a nova geração chegando ao mercado, a Capcom teve a oportunidade de testar os efeitos nos consoles modernos presentes no mercado.

Os efeitos de Ray -tracing que dominam o mercado de games da atualidade impressionam, embora não tão frontal no jogo. O Carregamento também apresenta uma rapidez impressionante.

Jogamos a companha principal como Vergil, incluindo novas cutscenes e histórias. O foco em Vergil é um elemento que me agradou em relação às mudanças constantes de personagens na versão original. Um contraponto em relação aos outros personagens é que Vergil é um personagem que exige uma certa habilidade do jogador. Suas esquivas e bloqueios tem uma menor margem de erro e ele não pode pular duas vezes, enquanto seu ataque depende de um medidor de concentração, aumentando conforme ficamos parados ou caminhamos lentamente, mas cai quando tomamos danos.

Vergil é a estrela do jogo, seu Trigger tem dois modos, em um ele causa dano extra em outro ele causa danos massivos, infelizmente algumas novas habilidades parecem bastante inúteis… Precisamos de bastante prática antes de sentir um controle total do personagem, algo recompensador enquanto participamos dos combates.

Devil May Cry 5 se passa um tempo depois dos eventos do segundo e quarto jogos. Do nada  uma estrutura em forma de árvore aparece na cidade, absorvendo o sangue de suas vítimas. No meio desses acontecimentos está o demônio Urizen, um dos piores vilões da série Devil May Cry.

A narrativa é bem divertida, a história é intrigante, e os personagens excelentes. A amizade de Neto e Nico é divertida. Há uma sinergia constante entre o elenco.

O jogo é conhecido por sua série de inimigos, onde derrotamos com nossas armas e técnicas bem loucas. Mas todo esse caos é recompensado em como você usou suas habilidades e derrotou seus inimigos com estilo. Procure não usar as mesmas armas e movimentos. A inovação será recompensada!

Existe um modo sobrevivência que testa demais a paciência dos jogadores. Outras adições incluem o modo turbo, onde podemos executar o game mais rápido e o modo lendário, onde aumentamos o número de inimigos na tela. Os detalhes nesse momento impressionam, pois, são uma explosão de inimigos e detalhes de personagens presentes na tela, somente possível com os recursos do console da nova geração.

A direção visual “salta aos olhos” graças a Engine. As roupas ondulam em áreas com uma iluminação ambiente beirando a perfeição. É um deleite visual e roda bem demais, embora os ambientes não sejam tão variados. Sempre mostrando uma cidade em um mundo demoníaco e é isso.

A dublagem é excelente, com o elenco de dublagem dos jogos anteriores retornando para dar vida novamente aos personagens. A trilha sonora  não decepciona, uma mistura de heavy metal com tecno.

Gamerdito

Devil May Cry 5 Special Edition é um jogo que deve ser recomendado para os fãs da franquia ou não. A quantidade de adições aplicadas ao game, com a adesão de Vergil, torna essa edição especial digna de atenção e tentativa.

Pode parecer um conteúdo familiar e sem grandes adições, mas a quantidade de novos conteúdos tem grande relevância, contando ainda com novas opções de desempenho e novos modos de jogo.

Nota: 8.5/10

Devil May Cry 5 Special Edition: Devil May Cry 5 Special Edition a versão estendida continua com o mesmo carisma da franquia que carrega legião de fãs pelo mundo.vanessaferreira
8.5
out of 10.
2021-04-02T17:49:16-0300

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.