A Santa Monica Studio surpreendeu a todos quando revelou que estaria lançado uma versão portada para o PC, de God of War. Até o momento, o título é um dos carros chefes da Sony para seu console Playstation. Com um novo título em produção intitulado Ragnarok, anunciar a versão para PC, podem ter levados os fãs da franquia estranharem. Entretanto, foram dezesseis anos desde o primeiro jogo lançado em 2005, imaginado por David Jaffe.

Continua após a publicidade.

O interessante que Jeffe havia mencionado sobre um anúncio iria “enlouquecer a cabeça dos jogadores“, na ocasião pensávamos ser sobre o Playsation Showcase. Evento este que de fato, revelou muitos títulos interessantes. Apesar do desenvolver ter deixado, a Santa Monica Studio, já há bastante tempo, ele sempre afirma ainda possuir muitos contatos na Sony. Levando-nos a crer, que a menção fosse do jogo, por alguma razão não foi revelado no PS Showcase.

Nas redes sociais a revelação deixou o trending topics no twitter, como os assuntos mais comentados com milhares de retweet.

Entradas para o PC

Diferentemente, da euforia dos fãs e da comunidade dos jogadores, sabemos que para rodar um jogo em alta performance não é bem simples. Atualmente, com o cenário atual do mundo, as peças para montar um bom setup sofreram um aumento considerável. Um título como God of War, em grande parte acontece interações em tempo real e, exigirá no mínimo uma configuração com requisitos seguros.

Como a página oficial, da saga de Kratos e agora junto com filho Atreus, está sem informações relevantes. Vou baseador pelos recentes jogos que eram exclusivos para Playstation e chegaram ao PC. O que inclui Days Gone, Horizon Zero Dawn e Death Stranding. Estarei apenas mostrando os requisitos mínimos para criar uma comparação geral!

Com exceção de Days Gone, os demais títulos exigem Directx 12, para os lançar, já deixando de lado as CPU e GPU sem suporte ao DX11. A tecnologia AVX e a função de SSE 4.2 são necessárias no jogo do Kojima.

No quesito de placa de vídeo, o mínimo é Nvidia GeForce GTX 780 (3 GB) ou AMD Radeon R9 290 (4 GB), para Days Gone, e Horizon; em Death Strading é de GeForce GTX 1050 3 GB ou AMD Radeon RX 560 4 GB. A memória Ram de 8 GB é o padrão nos três games.

Para processadores o mínimo recomendável é Intel Core [email protected] or AMD FX [email protected], na questão de Death Stranding recomenda um superior.

O tamanho do espaço em disco para baixar o jogo este é o único elemento que aparece na página oficial do Steam, sinalizando 80 GB de espaço. Porém, sua afirmação pode ser imprecisa, fazendo uma comparando com os outros jogos, é aceitável o tamanho. Vale lembrar que, God of War ocupou 45 GB do HD no PS4, em seu lançamento. Na versão de PC, terá 35 GB a mais se confirmado a informação na página do jogo.

Considerações para God of War

Na minha opinião, a configuração dos requisitos recomendados deverá ficar entre o processador Intel Core i7-3770 ou AMD Ryzen 5 1600; Placa de vídeo, GeForce GTX 1060 6 GB ou AMD Radeon RX 590; Directx 12 (se a Sony desejar pegar uma gama de jogadores, com possibilidades remotas, talvez aceite inclui o Directx11). Memória: 16 GB de RAM e sistema operacional Windows 10 de 64 bit ou superior com Win11. Sem descartar a possibilidade de incluir Vulkan.

Os desenvolvedores já adiantaram que terão integração total com NVIDIA Deep Learning Super Sampling (DLSS) disponível no RTX! E também, DLSS com a tecnologia NVIDIA Reflex de baixa latência disponível. A tecnologia Reflex permite uma experiência mais responsiva, para você poder reagir mais rapidamente e criar combos melhores.

Ademais, só para recapitular essas configurações foram baseados nos três títulos que citei anteriormente, o que também pode ser outras configurações. Seja qual for, recomendo não esperar configurações baixas para poder mergulhar no mundo dos semideuses.

Por fim, a saga de Kratos chegará em 14 de janeiro de 2022 para PC via Steam e Epic Games Store.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.