Faltam dois dias para o lançamento de Ratchet & Clank: Rift Apart, e as análises que já começaram a sair! Um dos desenvolvedores da Insomniac Games, Grant Parker ficou exaltado com as notas recebidas que em seu twitter pessoal deixou alguns comentários. Entre os comentários, ele informou que não teve crise no desenvolvimento do jogo devido à pandemia do novo coronavírus. O desenvolvedor tem participações em projetos tais como Marvel’s Avengers, nos dois últimos Tomb Raider, e no cancelado Star Wars: 1313.

Em seu comentário, Parker, afirmou que está falando por ele e não pelos outros envolvidos no projeto. Citando que trabalhou 40 horas por semana, sem necessidade de prolongar horas a mais para entregar o projeto no prazo programado. Sendo categórico que seus superiores pediram para ele não extrapolar em sua contribuição para o jogo. Veja nas imagens, logo abaixo:

No entanto, o que parecia ser apenas um tweet pacífico, e apenas parecia. No tweet seguinte, sem nenhuma explicação ele quis autoafirmar ser um desenvolvedor, branco cis hétero e teve seus privilégios —; confesso que não entendi do comentário. Porém, esse comentário acabou ofuscando a real intenção da publicação.

Algumas pessoas começaram a insinuar que Ted Price, diretor-executivo, fez funcionários não-brancos da Insomniac trabalharem mais horas. Para evitar processos, eu indico os gamernéfilos, acessar o tweet mencionado acima, para verificar as respostas. No cenário atual, as pessoas estão primeiro acusando, ao invés de estimular o pensamento crítico para saber se tal acusação procede ou não. Fica minha dica nossos leitores.

Por fim, Ratchet & Clank: Rift Apart chega em 11 de junho exclusivamente no console do PS5.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.