No últimos meses, o maior hype no mundo do mercado dos games é a compra da Bethesda pela Microsoft por US S$7,5 bilhões, consolida esta semana. Porém, Phil Spencer o chefão da divisão do Xbox, declarou que a compra da ZeniMax foi uma estratégia de mercado para conseguir lançar mais jogos exclusivos e criativos.

A conversa foi em uma mesa redonda no canal oficial do Xbox no Youtube. Spencer elogiou o estúdio e disse que o negócio beneficiou catálogo de jogos do Xbox Game Pass e proporcionará novas IPS nos próximos anos. Também deixou claro que a empresa terá contratos para cumprir com outras empresas, e não são todos os jogos que vai ter exclusividade com Xbox. No entanto, não deixou claro se após o término de suas obrigações, a Bethesda focará no desenvolvimento para os jogos de Xbox e PC.

Eu obviamente não posso dizer que todos os jogos da Bethesda serão exclusivos, porque não é verdade. Ainda teremos obrigações contratuais. Há jogos que existem em outras plataformas e vamos continuar dando nosso suporte a eles. Há comunidades de jogadores — que amamos e vamos continuar investindo — e, mesmo no futuro, ainda teremos questões contratuais ou de legado nessas plataformas.

“Se você é um usuário do Xbox, vamos entregar excelentes jogos exclusivos para plataforma, junto com o Game Pass. Esse é o nosso objetivo. É nossa capacidade criativa que seremos capazes de oferecer para os usuários de Xbox e será a melhor de todos os tempos. “.

Para acompanhar a declaração de Phil Spencer basta colocar próximo dos 9 minutos de exibição do vídeo. A Microsoft liberou hoje (12), 19 jogos da Bethesda no catálogo do Xbox Game Pass do Brasil.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.