Chegou hoje (18) o aguardo Snyder Cut de Liga da Justiça (2021), filme que deu o que falar nos últimos dois anos, quando Zack Snyder falou que rolaria o seu corte sobre Liga da Justiça (2017). Em detrimento a isso, fizemos nossa Crítica especial.

Por isso, o site MeuGamer, por esse quem voz escreve, resolveu fazer a crítica do Snyder Cut (2021), com diversos detalhes e alguns spoilers importantes sobre a trama.

Recomendamos que antes de ler a crítica, que você já tenha assistido ao filme!

Snyder estava certo?

Snyder estava certo! Até hoje a briga de egos no Liga de Justiça (2017) está mal explicada. Porém, uma coisa é certa, sendo fãs de filmes de super-heróis eu pude acompanhar uma melhora gigantesca de qualidade entre às duas versões, com um esforço recompensado da espera pelo Snyder Cut.

Os eventos geeks acontecem ocasionalmente, pós-Ultimato, o mundo cinematográfico estava em pausa, sem nenhum grande evento, até que surgiu a ideia de Zack Snyder modificar o filme Liga da Justiça. Os fãs apoiarem, e tornaram esse um dos maiores eventos geeks de toda a história.

A história e os personagens

É bom começar detalhando que existem dois personagens que melhoram absurdamente na versão, Flash e Ciborgue. O velocista melhorou em suas falas e até no tom de humor que o personagem passa, muito melhor que anteriormente. Já Ciborgue mudou completamente sua essência, com o desenvolvimento de sua vida pessoal, antes do acidente que causou a sua morte como pessoa, e toda relação conturbada com o seu pai.

O vilão ganhou um propósito, ao contrário do absurdo que foi as suas aparições na versão anterior, além de sua melhora estética e física, que o tornou mais perigoso. O arco inicial da batalha entre os reinos da terra contra Darkseid foi divertido e arrastado, e isso pode ter consequências graves para aqueles que entraram com o propósito de detestar a nova versão.

A qualidade visual é um dos pontos mais alto de todas as mudanças feitas por Snyder. Assim, a trama sombria com a tela reduzida ajudou a esconder detalhes ‘toscos’, e potencializou a direção de fotografia, de Fabian Wagner.

Melhora significativa

Em geral, a trama teve seus bons momentos, e teve seus momentos arrastados. A divisão em seis partes pode ajudar com aqueles que não aguentariam assistir longas quatro horas de filme, entretanto atrapalharia a emoção de ver a Liga da Justiça exatamente igual ao que foi pensado por Zack Snyder.

Se comparado ao Liga da Justiça de 2017, o Snyder Cut é quase uma obra-prima. Pensando em aspectos cinematográficos, o tempo de exibição pode atrapalhar, porém, ajudou significativamente nas explicações de várias coisas sem sentido jogadas ao vento anteriormente, sendo a principal delas o desenvolvimento de personagens.

É claro que existem cenas que poderiam ser deletado, como primeiramente a cena de introdução do personagem Flash salvando uma garota no Pet Shop, porém o que mais pesou foi o slow motion, que atrapalhou mais do que ajudou.

Na minha concepção, o filme poderia ter quase uma hora a menos, mas isso não tira todas as coisas boas que Zack Snyder conseguiu modificar.

Coringa e pontas soltas

Como foi gerado muitas expectativas, a aparição de Coringa no sonho do Batman aconteceu, de forma modesta na parte final do filme. Entretanto, a atuação que Jared Leto entregou foi satisfatória, ao longo dos quase cinco minutos em que apareceu.

Ainda, tivemos a aparição do personagem Caçador de Marte, interpretado pelo ator Harry Lennix, que se ofereceu a ajudar a Liga da Justiça, dando a entender que uma aliança poderá e deve ser formada.

O final do filme deixou claro a todos nós que o sonho de Snyder é uma continuação, visto que a guerra travada na trama foi ganha pela Liga da Justiça, entretanto pontas soltas como a reunião do exército nas cenas finais mostram ao público que sim, haverá revanche.

Onde Assistir?

O preço do aluguel do filme é R$ 49,90. O Snyder Cut (2021) já pode ser alugado, na Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr.

Assim, os Brasileiros poderão alugar até o dia 7 de abril, quando acaba o prazo de aluguel para as empresas no Brasil. A partir de junho, o filme ficará disponível na HBO Max, que enfim chega ao Brasil.

Por fim Gamernéfilos, gostaram da crítica do Snyder Cut (2021)? E vocês, o que acharam do filme?

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.