Depois que o criador de God of War, David Jaffe publicou haver recusado uma proposta para trabalhar em jogo com orçamento de US$ 100 milhões com a chinesa Tencent. Internautas questionaram a veracidade das informações, chamando de mentiroso e falastrão. Evidentemente, o designer de jogos é conhecido mundialmente além da criação da jornada de Kratos e Twisted Metal, por falar muitas coisas sobre a indústria dos games. Algumas polêmicas e também não ser muito amigável quando a crítica especializada quando criticam seus jogos.

Desde que deixou a Sony em 2007, nunca mais emplacou jogos que repercutisse globalmente, no entanto, é respeitado pelo seu conjunto da obra e mentoria em vários estúdios.

No e-mail de resposta ele diz, que parece ter sido louco por não aceitar, uma empresa que poderia proporcionar jogos com status de triple-A, e possibilidade de uma equipe experiente. Embora, fosse tentando sua alma ainda é daquele “empreendedor de uma garagem” ou um taxista vivendo em Nova Iorque. Ele também cita que está feliz com suas lives no youtuber e a interação com a comunidade não há preço que pague.

Uma menção que chama atenção é ele citar sobre não ver vivendo parte do seu tempo na China. Apesar da conversa não apresentar a proposta da Tencent, se o estúdio seria no país asiático ou no ocidente.

Para não passar uma impressão ruim, ainda se comprometeu indicar outros veteranos da indústria, em preencher os requisitos da produtora chinesa.

Gamernéfilos, o que vocês acham de Jaffe ter recusado a proposta milionária de 100 milhões da gigante dos jogos asiáticos dos mobiles e também focando nos consoles e PC.

Você também pode acompanhar o MeUGamer nas redes sociais: Instagram, Twitter, e se inscrever no nosso canal do YouTube.

icon

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.