Imagine um parente que gosta muito de enviar áudios para toda família. Para ele é algo agradável, afinal, ele gosta de falar, para quem recebe, entretanto, pode não ser as mil maravilhas. Vamos falar do Clubhouse, não confunda com a franquia A Casa do Mickey Mouse da Disney. O Clubhouse é um aplicativo com exclusividade na comunicação por voz e foi parar até mesmo nos trending topics do Twitter. As buscas pelo aplicativo chegaram a superar as do Tik Tok, chegando a incrível marca de 525% de aumento na busca do mesmo.

Dividido por canais de assuntos variados, você pode navegar, organizar conversas e muito mais através do aplicativo.

Muitas celebridades já aderiram ao Clubhouse, entre elas Oprah Winfrey, Kevin Hart, Drake, Chris Rock e Ashton Kutcher, além de pessoas sempre lembradas no mundo geek, como Elon Musk. A ideia de poder escutar um ídolo falando livremente, conversando com você de uma maneira tão natural é um atrativo muito grande, e talvez seja por isso, que mesmo tendo sido lançado recentemente, o aplicativo já conte com cerca de 600 mil seguidores. 

Mas nem tudo é tão bom quanto se pode imaginar, as conversas não ficam armazenadas e você só pode participar do App, através de um convite, sem contar que a disponibilidade do Clubhouse no momento é exclusividade do iPhone.

Os desenvolvedores da Clubhouse Software, já disseram querer expandir o aplicativo para outras plataformas, como nos smartphones com dispositivos android, uma página para está no ar no Google Play. Mas por ora, o foco é corrigir algumas falhas de seguranças e aprimoramento, antes de sua expansão para outras plataformas. Mantendo a excelência e o padrão de qualidade.

E gamernéfilo, já conhecia o Clubhouse ou é usuário do mesmo? Conte para nós sua experiência.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.