Iniciando nesta segunda-feira (10), com esperança para passar para a fase de grupos, onde o Brasil não consegue passar desde 2015. A equipe da paiN Gaming de League of Legends demonstrou boas partidas e ótimas jogadas nessa campanha do MSI.

Continua após a publicidade.

No entanto, a paiN tinha que ganhar às três partidas do dia para passar com tranquilidade, entretanto no seu primeiro confronto contra a PSG Talon, que no início estava sendo equilibrado em lutas mal coordenadas no dragão e barão a PSG conseguiu muita vantagem, e mesmo com a Pain conseguindo três dragões a PSG ficou muito forte detonou as lutas e conseguiu a vitória sobre a equipe brasileira.

Mas o sonho ainda continuava, na primeira partida do dia a Wild Cats conseguiu vencer a Mad Lions e isso possibilitou que a Pain pudesse lutar para conseguir o desempate contra a Mad, caso ela vencesse às duas próximas partidas. Em sua página oficial no Twitter uma mensagem de agradecimento foi emitida aos jogadores. Confira abaixo:

paiN Gaming — Twitter oficial

Seguindo para a partida Pain contra Mad, a chama da esperança crepitava fortemente, a Pain iniciou muito bem com um invade errado da Mad que possibilitou o first blood para o Brtt, em seguida com um gank no top o Robo conseguiu um abate, mais na frente a Mad Lions tenta dar um dive no Robo, porém ele se sobressai na jogada e consegue um abate em cima do Topo da Mad, a pain continuou opressora na partida dando dives e fazendo jogadas, entretanto teve um pause no game e a Pain perdeu um pouco do ritmo e o jogo desandou, a Pain se posicionou mal nas lutas e a Mad lions aproveitou bem isso, a equipe contava com Rumble e Varus que se aproveitam muito bem em lutas em lugares fechados, e assim vemos o sonho indo por  água abaixo.

Por fim tivemos a showmatch da Pain contra a Wild cats, onde a pain foi muito agressiva, foi uma partida divertida de se assistir e vibrar um pouco mais, a Pain conseguiu pegar a alma do dragão infernal o que garantiu ainda mais essa partida para a Pain que encerra a campanha 2-4 no MSI.


A equipe conseguiu jogar bem, ficou a desejar em algumas questões em equipe, individualmente os jogadores jogaram muito bem com destaque para o Robo e o Tinowns, e quando alguém chamava a responsabilidade a Pain conseguia avançar e vencer, entretanto, quando se tinha que fazer decisões em time ela parecia perdida e um pouco mal organizada. O Brasil volta a poder fazer história no final do segundo split, o vencedor do CBLOL jogará a famigerado Worlds, maior evento competitivo de League of Legends.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.