Algum tempo atrás, publicamos sobre a parceria entre Microsoft e Sega de levar seus jogos para a nuvem da Azure. Com isto, rumores acreditavam que finalmente a gigante americana, havia conseguido sua tão sonha desenvolvedora japonesa de RPGs. Contudo, todavia… a empresa esclareceu que a parceria não é apenas para exclusivos do Xbox.

Continua após a publicidade.

A utilização dos servidores da Azure é para facilitar uso dos seus jogos online, bem como, o lançamento para plataformas nas nuvens. O que deixa claro que outros consoles e PC vão ter suporte para seus futuros jogos que serão lançados. Já que o licenciamento para os chamados Super Games dos próximos, IP, é algo que o mundo precisa conhecer.

Também anunciamos em novembro de uma aliança estratégica com a Microsoft para criar
Super Games, rumo à criação do Super Game, que visamos uma estratégia a longo prazo.
Já possuímos uma relação comercial muito convicta com a Microsoft. Além de desenvolvido alguns de seus títulos conhecidos mundialmente — (referência para Age of Empires e Halo Wars 2) e estamos oferecendo uma variedadesd e suporte aos títulos.
Quando anunciamos o conceito de Super Game, a Microsoft foi simpática
ao concordar conosco, isso leva a noticiar outra vez.


Não estamos falando de lançar jogos exclusivamente para a Microsoft, mas
para desenvolver o Super Game que será entregue ao mundo todo com suas devidas assistências.; fim do comunicado da SegaSammy Holdings.

No relatório anual da empresa publicado este mês, a controladora SegaSammy disse que consideraria investir até ¥ 100,0 bilhões (US$ 880 milhões) nos próximos 5 anos para lançar os ‘Super-Game’.

Com o investimento as suas desenvolvedoras Atlus (Japão) e Creative Assembly (Reino Unido) e as demais espalhadas pelo globo. Podem produzir jogos alguns jogos que chegarão primeiro ao Xbox Cloud Gaming, e Game Pass. Atualmente, a Sega já vinha como aliada da Microsoft colocando seus títulos de franquias que inclui; Yakuza, Phantasy Star Online, Football Manager entre outras no Game Pass.

A SEGA tem uma das maiores redes de estúdio entre as empresas japonesas. Desde a aquisição da Creative Assembly, com sede no Reino Unido (conhecida por Total War) em 2005, passou a adquirir Sports Interactive (Football Manager), Relic (Age of Empires IV), Atlus (Persona), Amplitude (Humankind) e Two Point (Two Point Hospital). Para aumentar seu foco no desenvolvimento do entretenimento de jogos.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.