Xbox Game Pass para PC—Divulgação / Microsoft

Primeiramente, não é de hoje que a Microsoft trouxe o conceito “player-first” (jogador primeiro). Conceito que consiste em melhorar os ecossistemas de games (interfaces) para que os jogadores joguem muitos títulos e em plataformas diferentes. Além disso, a empresa está ciente que os games para PC’s fazem parte desse universo. Portanto, eles irão investir mais na plataforma para garantir que ela seja um dos meios fundamentais para os gamers em 2021.

Comunidade focada em games

Antes de mais nada, o principal objetivo da Microsoft sempre foi conectar os jogadores aos games, independente de onde e como. Nesse sentido, muitos games foram lançados para PC, dentre eles: Age of Empires II e III DE; Gears Tactics; Wasteland 3; Minecraft Dungeons e Microsoft Flight Simulator. Ainda mais, eles vão lançar muitos conteúdos novos em breve, incluindo Age of Empires IV ainda este ano.

Porém, a cereja do bolo fica por conta de Halo Infinite, que também será lançado ainda este ano; em conjunto com o crossplay e a progressão cruzada multiplayer. Os jogadores de PC poderão jogar com o pessoal do Xbox One e Xbox Series X|S, ao passo que, não perderão o progresso salvo; independente da plataforma.

Além disso, a comunidade do PC contribuiu para que Halo Infinite ofereça a melhor experiência possível. Contudo, alguns novos recursos também foram inseridos: suporte para telas ultra e super ultralargas; combinações de teclas triplas; uma ampla variedade de opções gráficas avançadas e mais.

Por fim, temos a nuvem que torna os games ainda mais acessíveis para os PC’s. O Xbox Cloud Gaming, por exemplo, permite que os membros do Xbox Game Ultimate joguem mais de 100 games nos computadores; não importando se eles são mais básicos (com baixa especificação) ou se são mais antigos (ultrapassados).

Sob medida

Sobretudo, outro grande foco da gigante tecnológica (Microsoft) é atender a demanda das diversas vitrines que os jogadores de PC utilizam. Em outras palavras, os caras investiram pesado na Steam, trazendo títulos como: Sea of ​​Thieves; Halo: The Master Chief Collection; Microsoft Flight Simulator; Age of Empires I, II e III: Definitive Edition e Forza Horizon 4. No entanto, existe também o Xbox Game Pass para PC que traz além de ótimos títulos, grandes parcerias. São mais de 100 games na biblioteca, incluindo sucessos da Bethesda e o EA Play da Electronic Arts.

Contudo, como senão fosse o bastante, eles ainda estão atualizando seus termos da Microsoft Store para incentivar os desenvolvedores de games para PC. A partir de 1º de Agosto, a participação deles na receita líquida de vendas de games da Microsoft Store aumentará de 70% para 88%. Enfim, os desenvolvedores desenvolverão mais games e terão maior sucesso comercial.

Futuro nos PC’s

Primordialmente, com o apoio da comunidade, capacitação dos desenvolvedores de games para PC e parcerias extremamente fortes, a Microsoft não está para brincadeiras em 2021. Além disso, com a evolução continua do ecossistema de games para PC (interfaces) e o comprometimento em cumprir as promessas, o ano promete. E olha que estamos apenas entrando na segunda metade de 2021. Como resultado, não somente os jogadores, mas sim todo o universo dos games acaba ganhando, ganhando muito!

Para ver a matéria na íntegra, basta acessar o Xbox Wire.

Gamernéfilos, comente aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.